Rede de Mulheres realiza encontro em São Paulo

Publicado em Quinta, 27 Outubro 2016 09:30

 JOR0142

Entre os dias 26 a 28 de outubro, acontece em São Paulo/SP, o Encontro da Rede de Mulheres da Internacional da Educação para América Latina (IEAL), que reúne trabalhadoras da Educação das regiões Cone Sul e Andina. A CNTE – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação é parceira da IEAL para a realização das atividades da Rede e conta com uma delegação de 66 representantes de 18 sindicatos afiliados presentes no evento que irá debater a participação política das mulheres a partir da atuação sindical no continente.

Durante a solenidade de abertura, compuseram a mesa Marta Vanelli, Secretária Geral da CNTE, Fátima Silva, secretária de Relações Internacionais da CNTE e vice-presidenta da IEAL, Silvia Almeida representando o PROIFES, Combertty Rodriguez, coordenador geral do escritório regional da IEAL, Gabriela Sancho e Gabriel Castro que integram a equipe de coordenação da entidade. Durante sua saudação a professora Marta falou da importância do encontro para que a rede reflita sobre a conjuntura atual de retirada de direitos, retrocessos sociais e avanço das investidas neoliberais na região e se reorganize para seguir desempenhando seu papel de fortalecimento dos sindicatos na perspectiva de gênero. Marta parafraseou o presidente Mujica e incentivou as presentes a seguirem firmes “a única luta que se perde é a que se abandona”, concluiu.

A professora Fátima Silva lembrou os grandes desafios que estão postos no mundo para as mulheres. Desafios que passam por garantir direitos políticos e de representatividade, mas também por lutar pela conquista de direitos humanos básicos como o direito à vida e à liberdade, o direito ao trabalho e à educação, entre outros. Ela compartilhou a experiência que teve na Argentina durante o Encontro Nacional de Mulheres, que reuniu mais de 70 mil manifestantes marchando por direitos para toda a classe trabalhadora. “Temos observado uma onda crescente de violência contra a mulher, com casos de feminicídio que nos atingem e chocam a sociedade. Mas, por outro lado, tem sido gratificante acompanhar a reação das mulheres de todas as matizes políticas e sociais, quem têm ido às ruas denunciar esses abusos e exigir respeito e igualdade. É por isso que hoje estamos aqui”, disse Fátima.

A programação do dia foi dedicada a análise de conjuntura de toda América Latina para embasar os debates que se seguirão durante o Encontro. Cada país representado (Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru e Uruguai) trouxe um panorama de sua realidade quanto aos avanços na implementação de políticas públicas para as mulheres e pela igualdade de gênero. A conjuntura nacional brasileira foi apresentada pela presidente do Sind-UTE/MG, Beatriz Cerqueira, e a conjuntura internacional por Mônica Valente, Secretária de Relações Internacionais do Partido dos Trabalhadores.

Em sua exposição, Beatriz trouxe aspectos da construção e condução do golpe de estado que aconteceu no Brasil, e alertou a todas que o golpe segue seu curso e que é nas ruas que a luta vai continuar, mesmo que isso exija ainda mais ativismo e mobilização das trabalhadoras. Entre os aspectos trazidos na exposição de Mônica Valente, ela ressaltou “o avanço dos ataques neoliberais se apresenta mais ousado e perverso com a classe trabalhadora, mas também irá impactar um grande contingente de pessoas que não são trabalhadores formais”.

As seguintes entidades filiadas da CNTE estão participando: SINTEGO/GO, AFUSE/SP, APP/PR, SINPRO/DF, CPERS/RS, SINTESE/SE, SINDIPEMA/SE, SINTERO/RO, SINPROESEMMA/MA, SAE/DF, SINTE-SC, APLB/BA, Sind-UTE/MG, FETEMS/MS, SINTEPE/PE, SINTER/RR, APEOESP/SP, SINDIUPES/ES.
O evento, que acontece no Hotel Excelsior e termina na sexta-feira (28), tem a seguinte programação:

PROGRAMAÇÃO

27 de outubro de 2016
09h: “Caracterização da conjuntura regional e impacto para os trabalhadores”
09h30: Trabalho em grupo
11h30: Apresentação dos grupos
12h30: Intervalo para almoço
14h: “Os impactos da violência de gênero no mundo do trabalho”
15h: Debate
16h: Apresentação da pesquisa “Influência Sindical nas Políticas Públicas para a igualdade: desafios sindicais nas Políticas Públicas”
17h: Debate

28 de outubro de 2016
09h: Resgate dos trabalhos do dia anterior
09h30: Exposição sobre os resultados de avaliação da RED (2005-2015) e linhas de ação
10h: Trabalho:
a) Quais são os conteúdos das PoIíticas Públicas de Igualdade?
b) Como os sindicatos devem atuar na luta pela igualdade (des) igualdade de gênero neste momento?
12h: Debate sobre o tema
13h: Questionário da IEAL
13h30h: Encerramento do Evento
14h: Almoço

Confira mais fotos do evento na página oficial da CNTE no Facebook.

 
 
  19/06/2018
Boletim CNTE 815
Instituto divulga relatório sobre o PNE e os resultados tendem a piorar
INFORMATIVO CNTE 815  
 
 
Heleno Araújo conclama categoria para apoiar greve dos eletricitários
 
 

Programa 602: Heleno Araújo participa de audiência pública no senado sobre violência nas escolas

 
 

Nota Pública: Lei da Mordaça (“Escola Sem Partido”) é inconstitucional, antidemocrática e antipedagógica

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
Em uma data histórica para a luta sindical em Alagoas, os/as servidores/as públicos/as municipais de Maceió, organizados por suas entidades (Sinteal, SindPrev, SindsPref, Saseal, entre outras; apoiadas pela CUT/AL), realizaram, na...
Representado por diretores/as da executiva estadual, o Sinteal participou, na manhã desta segunda-feira (16), de ato público em favor da garantia da destinação dos 60% (sessenta por cento) dos recursos dos precatórios...
A formatura de 74 novos professores do estado de Guerrero, no México, em 13 de julho, não estava completa. Faltavam os 43 estudantes da Escola Normal Rural Raul Isidro Burgos, desaparecidos em 26 de setembro de 2014. O nome de cada um foi...
Na última sexta, dia 13, comemoramos, em Assembleia festiva, uma série de avanços conquistados nas negociações da pauta reivindicatória 2018 (7% de aumento, a equiparação do auxiliar de classe com...
Nesta segunda-feira (16) completa o sexto dia da greve da Educação Municipal de Salvador que teve início na quarta-feira (11). A mobilização e disposição de luta continua firme e crescendo, apesar das...
Os servidores que foram contratados até 15 de março de 1987 e que mudaram de regime de celetistas para estatutários serão beneficiados pela transposição com a conversão da Medida Provisória 817 na...
Em assembleia geral organizada pelo Sinteal e núcleo regional, realizada nesta 6ª feira (13), as/os trabalhadoras/es em educação da rede municipal aprovaram o reajuste de 6,81% proposto pelo gestor, mas definiram também...
Lu Sudré Enquanto o salário mínimo brasileiro é de R$ 954, há quem receba um salário maior do que R$ 3 milhões mensalmente. É o que mostram dados da Comissão de Valores...
Na última quinta-feira (12/07/18) ocorreu uma agenda de reunião entre o Governo do Estado e o Sind-UTE/MG.Durante a reunião, o Sindicato cobrou soluções para o atraso e parcelamentos dos salários dos/as...
NOTA PÚBLICA O Governo Pinho Moreira (MDB) anunciou, em 12/07, que fará o parcelamento da metade do 13º salário dos servidores estaduais, sob o pretexto de contenção de despesas e controle de gastos. O valor...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação manifesta total e veemente repúdio ao tratamento inaceitável porquanto agressivo, misógino e discriminatório, dispensado à deputada...
Em meio a tantas dúvidas e informações desencontradas sobre o tema, o Sinteal realizou nesta quinta-feira (12), um Seminário sobre problemas e perspectivas sobre os recursos do FUNDEF. O evento aconteceu no Espaço...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.