Cidades têm protestos contra reforma da Previdência e terceirização

Publicado em Sexta, 31 Março 2017 10:37

ms reforma prev

Algumas cidades do país registram ou já registraram protestos contra a reforma da Previdência, proposta pelo governo de Michel Temer. Grupos convocados por centrais sindicais e movimentos sociais também se manifestam contra o projeto de terceirição, aprovado na Câmara na última semana.

No início da manhã desta sexta-feira (31), vias foram fechadas em São Paulo, Salvador, Vitória e Recife, entre outras cidades.

Veja a situação em cada estado:

Bahia
Um grupo de pessoas fechou a Avenida ACM, sentido Avenida Paralela, em Salvador, entre as 7h40 e 9h. Segundo a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), o trânsito ficou parado no local. O número de manifestantes não foi informado pela polícia ou pelos organizadores.

Espírito Santo
Um grupo de trabalhadores de diversas categorias protestou nesta manhã em frente à sede da Petrobras, em Vitória. A manifestação começou por volta das 7h10. Por volta das 9h15, o grupo saiu em caminhada pela Reta da Penha, no sentido Centro, bloqueando duas faixas da avenida. Segundo a Guarda Municipal de Vitória, aproximadamente 50 pessoas participam do ato. A organização do protesto ainda não informou o número de participantes.

Goiás
Entidades sindicais e diversas categorias de trabalhadores protestam diante da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), em Goiânia. O ato começou por volta das 9h. De acordo com organizadores, cerca de cinco mil pessoas participam. Já a Polícia Militar estimou, por volta das 9h40, que eram cerca de 400 manifestantes.
Mais tarde, os manifestantes pretendem sair em caminhada até o coreto da Praça Cívica, no Centro, onde devem se encontrar com integrantes de outras entidades sindicais.

Mato Grosso do Sul
Trabalhadores bloquearam rodovias federais e fizeram um protesto em Campo Grande, onde cerca de 450 pessoas se reuniram diante de um canteiro de obras, no bairro Vivendas do Bosque, segundo organizadores. A polícia não acompanhou o ato, que começou por volta das 6h30 (de MS) e foi até as 8h30.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), às 7h47 (de MS), havia pontos de bloqueio nas BR-060 em Sidrolândia, BR-262 em Três Lagoas, BR-262 em Corumbá e BR-163 em Sonora.
A Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems) informou que também ocorrem bloqueios de rodovias em Mundo Novo, Aparecida do Taboado, Bataguassu e Jardim. Números de manifestantes em rodovias não foram informados pela polícia ou pelos organizadores.

Minas Gerais
Integrantes de movimentos sociais interditaram duas rodovias que dão acesso à Uberlândia (MG). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), cerca de 40 pessoas fecharam o Km 78 da BR-050, saída para Uberaba (MG) e outro grupo, de quantidade não informada, está na BR-452, de acesso a Araxá.

Professores e trabalhadores rurais de Francisco Sá (MG) fazem uma caminhada pela BR-251, o que interditou parcialmente a via. Segundo os organizadores, cerca de 300 pessoas participam do ato; a polícia não informou o número de manifestantes. O ato começou às 7h e deve terminar às 11h.

Pernambuco
Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) interditaram os dois sentidos da BR-101, no trecho próximo ao Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (Ceasa), na Zona Oeste do Recife. O bloqueio começou por volta das 6h30 e terminou às 8h30. Segundo organizadores, cerca de 300 pessoas participaram do ato. A Polícia Militar não acompanhou o protesto.

São Paulo
Na região metropolitana de São Paulo, houve ao menos três protestos. Os números de manifestantes não foram informados. Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) atearam fogo a pneus e bloquearam trecho da Avenida Oscar Niemeyer, perto do Rodoanel em Mauá, na Grande São Paulo. Segundo a Polícia Militar, às 7h a pista já havia sido liberada. Também houve bloqueio na Estrada do M'Boi Mirim, Zona Sul de São Paulo, e no km 247 da Rodovia Régis Bittencourt, na região de Taboão da Serra.

Dois mil trabalhadores da Volkswagen paralisaram por cerca de uma hora as atividades nesta manhã em Taubaté (SP). A manifestação teve início por volta das 6h e atrasou a entrada na fábrica em uma hora.
Também foi registrado um ato de bancários em Sorocaba. O grupo concentrou se na rua São Bento e anda por diversas ruas até chegar à praça Central. Por volta das 9h50, eles caminhavam pela rua Álvaro Soares. A organização não divulgou o número de participantes.

(Portal G1, 31/03/2017)

 
 
  14/07/2017
Boletim CNTE 793
Nosso repúdio à antirreforma trabalhista aprovada esta semana
INFORMATIVO CNTE 793  
 
 
Presidente da CNTE questiona alterações no FNE durante audiência (06/07/2017)
 
 

Programa 591: CNTE se une a representações sindicais em ato contra a reforma trabalhista

 
 

Manifesto em defesa da Educação Pública e de seus trabalhadores

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
O SINTEP-PB realizou, nesta sexta-feira (21.07), uma Assembleia Geral para todos os Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Estado da Paraíba. O objetivo do encontro foi discutir a Gestão Pactuada do Governo do Estado e...
Representantes do Comitê e Escritório Regionais da Internacional da Educação para a América Latina (IEAL) realizaram reunião, na segunda quinzena de julho, com dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores da...
O Sinteal conquistou mais uma vitória na luta por valorização profissional na educação pública. Em reunião realizada nesta quarta-feira (19/7), entre a direção do Sinteal, o prefeito de...
  A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, entidade representativa de mais de 4 milhões de trabalhadores das escolas públicas brasileiras, torna público o seu pesar pelo...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, entidade representativa de mais de 4 milhões de trabalhadores das escolas públicas brasileiras, vem a público REPUDIAR o ataque perpetrado contra a...
O Governo do Estado da Paraíba lançou um edital, por meio da Secretaria de Educação, para realização de processo seletivo objetivando a terceirização dos serviços nas escolas da rede...
A Frente Brasil Popular, integrada pela CUT, promove nesta quinta-feira (20), às 17h30, o ato “Não às reformas, Diretas Já e em solidariedade a Lula”, na Esquina Democrática, o tradicional palco de...
O Sinte-PI participou na manhã desta quinta-feira, 20 de julho, de mais um Dia Nacional de Luta contra os desmandos do governo ilegítimo de Michel Temer. Os movimentos unificados realizaram panfletagem na Praça Rio Branco,...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, entidade representativa de mais de 4 milhões de trabalhadores das escolas públicas brasileiras, vem a público REPUDIAR a atitude da maioria dos...
Cerca 200 trabalhadores Municipais da educação de Lauro de Freitas (região Metropolitana de Salvador) ocuparam nesta quarta-feira (19/7), a Secretaria Municipal da Educação (SEMED), para apresentar ao...
Cerca de 20 organizações ligadas ao Ensino e à sociedade civil no país se retiraram do Fórum Nacional de Educação (FNE) e, agora, preparam uma agenda de debates e mobilizações para dar...
Os trabalhadores em Educação do município de Salvador realizaram mais uma manifestação vitoriosa na manhã desta quarta-feira, 19, em frente à Secretaria Municipal da Educação (SMED). O ato,...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003
Fax: +55 (61) 3225-2685

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.