PI: Servidores conseguem barrar a votação da PEC 03, que congela o reajuste no Piauí

Publicado em Quarta, 21 Dezembro 2016 08:42

IMG 7829

Na manhã desta terça-feira (20/12), os servidores do estado estiveram presentes na reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa (ALEPI) e conseguiram barrar a votação da PEC 03/16, que congela o reajuste salarial dos servidores do estado, suspende o concurso público e ainda aumenta a contribuição previdenciária de 11% para 14%.

A proposta de emenda constitucional (PEC) encaminhada pelo governador Wellington Dias para a ALEPI no último dia 12/12, é igual à PEC 55 aprovada pelo governo Temer em nível nacional. A única diferença é que o congelamento dos investimentos no estado será por 10 anos.

Os trabalhadores em educação de Teresina, Altos e Esperantina, da saúde, policiais civis, militares, bombeiros, agentes penitenciários e oficiais de justiça estiveram presentes na Alepi e, sob muitos protestos conseguiram retirar da ordem do dia a votação da PEC da Maldade.

A presidente do Sinte-PI, professora Odeni Silva, destacou a importância da unidade dos servidores para barrar a pretensão do governo de aprovar esses projetos que tramitam na Alepi e vão contra os interesse dos trabalhadores.

"Não vamos aceitar a PEC da maldade que congela o reajuste do piso dos trabalhadores em educação, que suspende o concurso público, que aumenta a contribuição previdenciária de 11% para 14%. O Sinte-PI está vigilante aqui na assembleia para evitar que esses projetos sejam aprovados. Estamos na casa do povo, mas nenhum deputado representa o povo; o que vimos aqui foi a maioria dos deputados ao lado do governo, mas a pressão unificada de todas a entidades conseguiu barrar a votação do projeto", enfatizou Odeni.

Mesmo sob protestos, os deputados da CCJ e comissão de Finanças aprovaram outras pautas que estavam na ordem do dia.

O SINTE-PI e as entidades representativas dos servidores do Estado convocam todos os servidores do Estado para estarem em mais um Ato contra esse retrocesso no Estado, nesta quarta-feira (21), às 8 horas no pátio da Assembleia Legislativa.

O governo Temer e Wellington Dias estão rezando pela mesma cartilha. Que contradição, a PEC 55 foi amplamente criticada pelo PT e agora o governador Wellington Dias apresenta uma proposta igual. "Porque o PT combateu tanto a PEC do Temer e agora manda para essa Casa uma PEC tão perversa e cruel como essa", comentou o deputado Robert Rios.

Ao final da sessão, os representantes dos servidores foram recebidos pelo presidente da Alepi, deputado Themístocles Filho, que intermediou a participação dos sindicatos em uma audiência com a vice-governadora, Margareth Coelho na tarde desta terça-feira.

Mais um ponto de destaque na PEC é que os três poderes ficam proibidos de concursar. Só é permitido concurso em caso de vacância, para concursar um promotor que precisamos tem que morrer ou aposentar um. Para concursar um juiz que precisamos tem que morrer um ou aposentar. Para a UESPI se expandir, tem que morrer um professor ou aposentar e assim também na área da saúde. Assim é na Educação de modo geral, na saúde e no Ministério Público. Então essa PEC é de uma crueldade porque ela vai engessar o Estado.

(SINTE-PI, 21/12/2016)

 
 
  15/01/2018
Boletim CNTE 809
As ações de resistência para defender a democracia: a pauta em 2018 é ampliar a luta!!
INFORMATIVO CNTE 809  
 
 
INSTITUCIONAL CNTE | Resistência e Convocação para a Conape 2018 (01/12/2017)
 
 

Programa 597: CNTE faz balanço das lutas de 2017

 
 

Nota Pública: Paulo Freire continua sendo o patrono da educação brasileira

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) cobrou da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) a posse dos aprovados no concurso público de 2017. Na reunião, foi informado que o...
Sinteal e trabalhadoras/es em educação da rede pública municipal de Maceió, em assembleia realizada na tarde desta 3ª feira (16/01), na sede do sindicato, no bairro do Mutange, deram início às lutas da...
O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), subsede de Ipatinga, protocolou na Comissão Interamericana de Direitos Humanos, denúncia sobre a situação envolvendo os...
Pela primeira vez na história de atuação do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) em Paranatinga (373 km de Cuiabá), o Sindicato foi convidado para reunião com o chefe do...
O Sinteal conquistou, na justiça, uma vitória na defesa da Gestão Democrática das escolas públicas estaduais de Alagoas. Em decisão do dia 13 de janeiro, o juiz Ayrton de Luna Tenório concedeu liminar...
Foto:Ricardo Stuckert/Instituto Lula Antes do Governo do Lula, os(as) Funcionários(as) da Educação não tinham direito à política de formação continuada e nem eram reconhecidos(as) como...
Diante de resultados de inúmeras pesquisas sobre a educação brasileira, desde as inquietantes reflexões de Anísio Teixeira e Paulo Freire às últimas pesquisas da OCDE - Organização para a...
Os trabalhadores e trabalhadoras em educação, reunidos em assembleia geral na última quarta-feira (10), discutiram sobre a Campanha Salarial 2018, com base no índice de reajuste de 6,81% do Piso Nacional do Magistério...
O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) faz o alerta de mais uma prática do governo Taques para promover o desmonte da escola pública, de gestão pública, gratuita, laica e de...
Após inúmeras comunicações encaminhadas à Seduc e sem nenhuma reposta, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet), José Roque Santiago protocolizou...
O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) foi convidado para uma reunião na tarde de quarta-feira (10) com a Casa Civil e a Secretaria de Estado da Educação, para ser comunicado que os 40 mil...
Dando início à campanha salarial 2018 na rede pública municipal de educação de Maceió, o Sinteal já encaminhou à Secretaria Municipal de Educação (Semed), na pessoa da titular da...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.