PR: Governo do Estado pretende demitir cerca de 38 mil educadores(as)

Publicado em Quarta, 21 Dezembro 2016 11:40

banner giro pelos estados

Desde novembro, a direção da APP-Sindicato cobra do governo Beto Richa (PSDB) uma resposta acerca dos contratos PSS. A reivindicação é de prorrogação dos contratos, visto que podem, segundo a lei, ser de dois anos.

Cerca de 38 mil professores(as) e funcionários(as) foram contratados(as) ao longo do ano de 2016 para atuar nas mais de duas mil escolas estaduais e conveniadas. A Lei 108/2005 permite que o contrato seja prorrogado por até dois anos, mas, não foi esta a decisão do executivo.

“É mais uma decisão equivocada deste comitê criado pelo governador e que só faz atacar os direitos dos servidores. Primeiro decidiu suspender o pagamento da nossa data-base, agora decide, por uma questão de economia, prejudicar a vida de milhares de trabalhadores. Não concordamos”, afirmou Hermes Silva Leão, presidente da APP-Sindicato. A decisão, segundo ele, também prejudica a organização das escolas, pois muitas têm boa parte do quadro de funcionários(as) preenchidos(as) por trabalhadores(as) temporários(as). Janeiro é mês de matrículas e organização das escolas e esse trabalho deverá fazer muita falta para o início do ano letivo.

Segundo a Secretaria Estadual de Educação do Estado do Paraná (Seed/PR), os contratos de professores(as) e funcionários(as) devem ser encerrados em 31 de dezembro deste ano, com exceção de trabalhadores(as) que tenham garantias legais como licença médica e licença maternidade, por exemplo. Ainda segundo a Seed, as verbas rescisórias correspondentes ao salário proporcional do mês de fechamento do contrato, ao 13º salário proporcional, ao proporcional de férias referente aos meses trabalhados e 1/3 das férias proporcionais. O pagamento deve ocorrer na folha de janeiro de 2017, ou seja, ao final do mês.

A pauta histórica da APP-Sindicato continua sendo a realização do concurso público. “Os contratos PSS, além de precários, deveriam ser apenas para casos de substituição de licenças”, afirmou Hermes. Para o presidente do sindicato, há vagas suficientes para a realização de concurso público, que permite melhores condições de trabalho, salário e carreira, aprimorando a qualidade dos serviços públicos. Além disso, o sindicato continua na luta com pautas específicas para estes(as) trabalhadores(as):

Direitos trabalhistas aos contratados pelo regime PSS – garantir o salário dos(as) professores(as) pela maior habilitação, igualando ao previsto no Plano de Carreira do Magistério por graduação ou especialização. Alteração da Lei 108/2005.

Atendimento à saúde – garantir a inclusão de todos(as) PSS no atendimento à saúde do Estado com tratamento igual aos demais servidores(as) públicos(as).

Formação – garantir a participação dos(as) professores(as) e funcionários(as) PSS em todos os cursos de formação ofertados pelo Estado. Contagem de tempo de serviço PSS – lutamos para que o ingresso no Estado seja por concurso público e pela realização destes e, quando da efetivação no cargo, nossa luta é garantir a contagem de tempo de serviço PSS com o serviço prestado ao Estado para todos os efeitos legais (promoção, progressões, quinquênios, aposentadoria).

(APP-Sindicato, 21/12/2016)

 
 
  20/10/2017
Boletim CNTE 804
Uma educação pública forte passa pela valorização do funcionário público
INFORMATIVO CNTE 804  
 
 
Uma homenagem a todos/as que fazem da escola um local de dedicação e amor (15/10/2017)
 
 

Programa 594: Medida Provisória que trata do novo Fies dificulta o acesso ao ensino superior

 
 

CNTE avalia como retrocesso a decisão do STF em permitir o proselitismo religioso nas escolas públicas

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
O Fórum Sindical do estado organiza nova mobilização para esta terça-feira (24/10), a partir das 15h, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). O objetivo é barrar a aprovação da Proposta de...
“É preciso ter esperança. O verbo esperançar quer dizer ir atrás, construir, não desistir e juntar-se com outros para fazer de outro modo”. Ao mencionar o pensamento do educador Paulo Freire, o presidente...
O Sinte-PI realizou manifestação na quarta-feira (18/10) em frente ao prédio do IASPI para protestar contra a suspensão dos planos IASPI e PLAMTA. Estiveram presentes, também, representantes dos núcleos...
A juíza da 3ª Vara Cível, SimoneFraga, indeferiu os embargos de declaração impetrados pelo Governo de Sergipe que questionaram a decisão da magistrada sobre a repercussão do reajuste do piso na carreira do...
O Sinteal deu início, na quinta-feira (19), à ação organizativa e de luta “Caravana do Sinteal: porque a luta não para!”, com a presença de diretoras/es e funcionárias/os da executiva...
“O racismo impede que a população negra tenha acesso e permanência na educação formal. O tempo todo somos convidados a nos retirar. Cotas são para negros(as). Vamos entrar na universidade, sim”. O...
Ao contrário do que dizem, ‘santo de casa faz milagre’ sim! E esta é a história de cinco professoras da rede pública municipal de ensino de Lauro de Freitas (Região metropolitana de Salvador), vencedoras e...
Na manhã de ontem, (18/10/17), aconteceu uma reunião entre o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) e a Secretaria de Estado da Educação.Participaram, representando a...
A APP-Sindicato ganhou a ação CLT – do Piso dos Três Salários, mas o governo do Paraná ganha tempo na contestação dos cálculos. Agora, com um acordo mediadopelo Tribunal Regional do Trabalho...
O Sinteal participou, na manhã desta quarta-feira (18/10), em Maceió, de ato relativo ao “Dia Nacional de Luta” em defesa de patrimônios do povo brasileiro como a Petrobras, a Eletrobras, a Caixa Econômica Federal,...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, entidade representativa dos profissionais do setor público da educação básica brasileira, REPUDIA a edição de...
Os diretores do Sinte-PI, João Correia e Filomena Cristina, juntamente com os dirigentes do Núcleo Regional de José de Freitas visitaram a Unidade Escolar Elon Machado Moita, no município de Lagoa Alegre do Piauí,...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.