SE: Nota do SINTESE sobre críticas do governo à Prova Final

Publicado em Segunda, 02 Janeiro 2017 13:31

banner giro pelos estados

Como ocorre todos os finais de ano, o SINTESE realizou dia 28 de dezembro, a 10ª edição da Prova Final da Gestão da Educação Pública. Uma avaliação em que os professores da rede estadual e municipais fazem atribuindo aos gestores municipais e estadual uma nota de 0 a 10, a partir das seguintes questões: Gestão Democrática, Infraestrutura das Escolas, Política Salarial, Carreira do Magistério e Política Educacional.

Após a divulgação da nota é comum os prefeitos que foram bem avaliados fazerem a divulgação do bom desempenho e reafirmar a seriedade do processo. Da mesma forma os que não foram bem avaliados, quando falta humildade pra assumir os erros, tendem a desqualificar o processo, foi o que ocorreu com a nota emitida pelo governo.

Dizem eles que o processo não é transparente, é obscuro e põem em dúvida até a existência da coleta das notas, no entanto contraditoriamente dizem que só foi avaliada a questão salarial.

Desesperado com a queda de popularidade de um governo que acabou com a Educação logo na primeira fala pública do Secretário de Educação que admitiu estar gerindo no inferno, o governo ainda mente quando diz que o SINTESE não senta pra discutir educação seriamente, pois bem, daqui a um mês fará dois anos que a direção do SINTESE não é recebida pelo secretário de educação, e o governador Jackson Barreto desde que assumiu nunca recebeu o SNTESE em audiência.

A verdade é que o Governo Jackson tem se transformado no pior governo para a Educação da história de Sergipe. Um governo que se notabiliza por destruir direitos e atrasar salários, sobretudo de aposentados, com assessores na Secretaria da Fazenda que maquiam as contas e uma Secretaria de Educação gerenciada no ápice do autoritarismo.

Diante da enorme repercussão da Prova Final e o impactante e merecido 0,9 de média, o governo se pôs a chorar em uma nota. Choro de governo ruim, mentiroso e destruidor de direitos.

Ou muda o método de governar e a forma de gerenciar os problemas, ou não há quem salve o barco à deriva, infelizmente para a educação dos sergipanos.

Direção Executiva do SINTESE

(SINTESE, 02/01/2017)

 
 
 
 
CNTE e entidades filiadas avaliam a Greve Geral e se preparam para mobilização no dia 31 de março (25/03/2017)
 
 

Programa 583: Dia 31 de março: nova mobilização no país

 
 

FMLN condena golpe de estado contra presidenta Dilma Rousseff no Brasil

 
  29/03/2017
Boletim CNTE 783
Greve da educação puxa a GREVE GERAL da classe trabalhadora
INFORMATIVO CNTE 783  
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
O Coletivo de Trabalhadoras Aposentadas da Educação Estadual do Sinte-PI realizaram, na manhã desta quarta-feira (29), mais uma reunião para tratar de pontos importantes como o Encontro Estadual dos Aposentados. Na pauta de...
O Conselho Geral do Sinte-PI aprovou a realização da Jornada de Debates sobre a Reforma da Previdência que teve seu início com o Ato e Audiência Pública na Assembleia Legislativa com a Greve Geral Nacional do dia...
Os professores e servidores administrativos da Rede Municipal de Educação de Goiânia fazem Assembleia Geral da categoria nesta quinta-feira (30), às 9h, no auditório da Câmara Municipal de Vereadores de...
A Secretaria Estadual da Educação emitiu comunicado utilizando-se de falácias para tentar intimidar a adesão dos/as professores/as à greve que se iniciou nesta terça-feira (28). O documento da SEE afirma que os...
Mais da metade dos professores do Brasil já presenciou algum tipo de agressão verbal ou física cometida por alunos de 11 a 14 anos contra algum colega e milhares já viram os estudantes levarem armas de fogo para a aula. Este...
O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação ( Fundeb ) deve integrar a Constituição, mas para isso são...
Nesta terça-feira (28), teve início a greve da educação estadual de São Paulo contra a Reforma da Previdência. Como todo início de greve na rede estadual, a adesão está se construindo no...
O fundador e coordenador do movimento Escola sem Partido, o procurador de Justiça de São Paulo Miguel Nagib, disse que o projeto de lei sobre o tema que tramita na Câmara dos Deputados tem um trecho inconstitucional e precisa ser...
Os trabalhadores e trabalhadoras em educação decidiram em assembleia estadual, nesta terça-feira (28), no Pátio da Almg, em Belo Horizonte que a greve continua. Mais de 10 mil pessoas participaram da assembleia, e a...
“Suspendemos a greve, não suspendemos a luta!” disse a presidenta Consuelo Correia, ao final da assembleia. Trabalhadoras/es da educação seguem mobilizadas/os em defesa dos direitos e contra as reformas da...
O Sind-UTE/MG divulga um balanço parcial da greve em todo o Estado. O Sindicato lembra que o movimento foi aprovado em 8 de março durante assembleia estadual da categoria em Belo Horizonte e teve início no dia 15 de março. A...
Os trabalhadores em educação do município desocuparam o prédio do Ceaf, onde fica a Secretaria da Fazenda (Sefaz), que estava ocupada desde a manhã de segunda-feira (27) após o Governo Municipal marcar...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003
Fax: +55 (61) 3225-2685

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.