RO: No Sintero, deputados federais e senadores anunciam voto contra a reforma da previdência

Publicado em Segunda, 20 Março 2017 14:43

sintero ro previdencia

Em evento realizado na manhã desta segunda-feira (20), sede do Sintero em Porto Velho/RO, organizado por quase 20 entidades sindicais, deputados federais e senadores de Rondônia firmaram o compromisso de votar contra a PEC 287, a proposta do governo federal de reforma da previdência.

A reunião contou com a participação de mais de duas mil pessoas entre trabalhadores em educação, servidores públicos de várias outras categorias e trabalhadores da iniciativa privada, urbanos e rurais.

Todos os oito deputados federais e os três senadores de Rondônia foram convidados. Compareceram os deputados federais Marcos Rogério (DEM), Expedito Neto (PSD), Lindomar Garçon (PRB) e Nilton Capixaba (PTB), além dos senadores Valdir Raupp (PMDB) e Acir Gurgacz (PDT).

Enviaram justificativa pela ausência os deputados federais Luiz Cláudio (PR), Lúcio Mosquini (PMDB) e Marinha Raupp (PMDB). A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB) não respondeu ao convite.

O presidente do Sintero, Manoel Rodrigues da Silva iniciou os trabalhos da reunião anunciando que se tratou de um evento conjunto realizado por quase 20 sindicatos, entre eles o Sintero, Sindsaúde, Sindsef, Sinjur, Sindeprof, Sindjufe, Sinderon, SEEB, Fetagro, CUT, STTR, CSB, CTB, Sinsepol, Sinseper, Sindsid e Sinder.

Ele reiterou o posicionamento dos trabalhadores contra as propostas do governo de reforma da previdência, de reforma trabalhista e da terceirização, sob o argumento de que a classe trabalhadora não pode pagar uma conta que não é sua. “Os deputados federais, como legítimos representantes do povo, devem ouvir a voz das ruas e votar com o povo. E neste momento as ruas pedem o voto contra a reforma da previdência”, disse.

Cada parlamentar discursou e externou o seu posicionamento. Todos se declararam contra a proposta de reforma enviada ao Congresso Nacional pelo Palácio do Planalto. No final do discurso, cada parlamentar foi convidado a assinar um termo de compromisso, através do qual se comprometeu em não aprovar a PEC 287.

O primeiro a discursar foi o senador Acir Gurgacz. Ele disse que é contra a proposta da reforma da previdência e disse que é necessário discutir o tema nas bancadas. Em segunda o deputado Lindomar Garçon confirmou que também votará contra a aprovação da PEC por considerar prejudicial aos trabalhadores. O deputado Expedito Neto falou em seguida reafirmando o seu posicionamento. Ele lembrou que tem votado contra qualquer projeto que prejudique a classe trabalhadora, como fez na PEC do teto dos gastos.

Na sequência, o senador Valdir Raupp reiterou o posicionamento manifestado na semana anterior, em uma reunião com sindicalistas, de que, embora seja da base aliada do governo Temer, não concorda com a PEC e por isso, se o texto chegar ao Senado, votará contra.

O deputado federal Marcos Rogério apresentou dados consistentes de que o governo Temer está equivocado na proposta enviada à Câmara. “Defendo a instalação de uma CPI para apurar a verdadeira situação da previdência”, disse o parlamentar, que também anunciou que votará contra a proposta.

Por último, o deputado federal Nilton Capixaba falou aos trabalhadores sobre a PEC 287, dizendo que não concorda com o retrocesso proposto pelo governo, por isso votará contra sua aprovação. 

Participaram, ainda, da reunião, o deputado estadual Léo Moraes (PTB) e o vice-governador Daniel Pereira, que também conversaram com os trabalhadores e manifestaram apoio à mobilização.

O presidente do Sintero, Manoel Rodrigues da Silva, finalizou o evento dizendo que o objetivo foi alcançado. “Temos aqui mais de duas mil pessoas de diversas categorias de trabalhadores, numa demonstração de que a classe trabalhadora e a sociedade de um modo geral é contra essa reforma nefasta. Esperamos que os parlamentares tenham compreendido que a sociedade não concorda com essa proposta e por isso ela deve ser rejeitada no Congresso Nacional”, disse.

Os trabalhadores em educação de Rondônia, em greve desde o dia 15 de março, decidiram manter o movimento até a votação da PEC 287 no plenário da Câmara dos Deputados. Em todo o estado a paralisação tem a adesão de 70% da categoria. A mobilização continua no decorrer da semana com pit stop e vários outros tipos de atos públicos.

(Sintero/RO, 20/03/2017)

 
 
 
 
CNTE e entidades filiadas avaliam a Greve Geral e se preparam para mobilização no dia 31 de março (25/03/2017)
 
 

Programa 584: Reunião do Coletivo LGBT ocorre a pouco mais de um mês do Dia Nacional e Internacional contra a LGBTfobia

 
 

FMLN condena golpe de estado contra presidenta Dilma Rousseff no Brasil

 
  28/04/2017
Boletim CNTE 786
A (im)previdência de Temer e seus asseclas
INFORMATIVO CNTE 786  
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
E nem mesmo a forte chuva que caiu toda a manhã em Belo Horizonte impediu que a greve geral, neste dia 28 de abril, fosse um dia histórico para a classe trabalhadora que luta contra as Reformas da Previdência, Trabalhista e contra a...
Goiânia parou no dia 28 de abril: bancários, motoristas de ônibus, professores, eletricitários, profissionais de saúde, servidores públicos federais e estaduais, estudantes e trabalhadores rurais tomaram...
O Secretário de Prevenção à Violência, Pablo Roberto, veio até os professores que estavam ocupando a Seduc, enviado pelo Governo Municipal para intermediar o impasse, e propôs uma reunião para a...
O modelo educacional de sucesso boliviano foi apresentado pelo ministro da Educação Roberto Aguilar, na tarde dessa quinta-feira, 27, no Encontro do Movimento Pedagógico Latino-Americano Paulo Freire, que acontece em Cuiabá....
Os três palestrantes do primeiro painel do Encontro do Movimento Pedagógico Latino-Americano Paulo Freire, que iniciou hoje, 27, no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá, foram unânimes em suas falas. “É preciso...
Venho muito respeitosamente informar que tomamos conhecimento pelas redes sociais, nesta quinta-feira (27), da publicação do Decreto de 26 de abril de 2017, que “convoca a 3ª Conferência Nacional de...
O Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Tocantins (Sintet), atendendo à chamada da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT), convoca...
Faça chuva ou faça sol, os servidores municipais estarão firmes na Greve Nacional do dia 28 por nenhum direito a menos! Nossa mobilização amanhã começa às 9h, na Praça Nossa Senhora da...
 greve é um direito constitucional. Trata-se de um secular instrumento de defesa dos trabalhadores contra a opressão dos seus patrões. É um ato de rebeldia. Assim, informamos aos nossos filiados da rede estadual de ensino...
  Milhões de trabalhadores não vão ao trabalho nesta sexta-feira em protesto contra um governo que, por meio de um golpe parlamentar/judicial/midiático, retira direitos e conquistas sociais que vigoram há mais...
Com uma extensa pauta que envolveu campanha salarial 2017, retorno de audiências (a do Estado mais uma vez cancelada) com as secretarias de Educação (mais duas outras secretarias, no caso de Maceió), informes...
A greve geral contra as reformas trabalhista e previdenciária propostas pelo governo Michel Temer marcada para esta sexta-feira (28) deverá contar com a participação de mais de 4 milhões de trabalhadores da área...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003
Fax: +55 (61) 3225-2685

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.