BA: Lauro de Freitas - Professores e estudantes ocupam Câmara contra perseguição da SEMED à escola do município

Publicado em Terça, 08 Agosto 2017 15:28

banners giro pelos estados 2

Trabalhadores da educação e alunos da escola municipal Gregório Pinto de Almeida ocuparam o plenário do da Câmara Municipal da cidade, nesta terça-feira (08/08), em protesto contra a perseguição que a unidade vem sofrendo por parte da Secretaria Municipal de Educação - SEMED.

Dentro da Câmara Municipal, o Coordenador geral do ASPROLF, Valdir Silva, informou as irregularidades da secretaria que estão prejudicando a escola aos edis. A situação, segundo denúncia feita pelos profissionais ao ASPROLF, está sendo tratada com desdém pela SEMED, tanto que não suportando a falta de compromisso e de respeito do governo (por ter sido maltratada dentro da SEMED), com a escola e os alunos, a diretora da escola Maria do Socorro, chegou a pedir exoneração do cargo.

"A SEMED está enviando merenda na quantidade insuficiente para os cerca de 700 alunos que temos no turno matutino e vespertino, sem falar que quando o gás de cozinha acaba a secretaria também não repõe. A diretora é que quando pode, tira do próprio bolso,’ revelou uma funcionária que não quis se identificar temendo retaliações, enfatizando que a situação vivida pela diretora é retaliação política. Ela disse ainda que a muito custo foi marcada uma reunião com o secretário de educação Paulo Gabriel, ele não compareceu.

A ‘Grepial,’ como é conhecida no município, é uma das principais escolas da região do bairro de Ipitanga, principalmente por ser a única escola de tempo integral pro Fundamental II (antigo ginásio). Os docentes também denunciam falta de funcionários de limpeza e a administrativo e dizem que todos esses problemas são de conhecimento do secretário de educação e do Executivo, que já recebeu vários documentos ofícios, mas até agora nada fez.

O mesmo documento foi lido por um professor na plenária da CMLF e vai ser entregue à prefeita Moema Gramacho que é aguardada pelos professores e alunos. Valdir Silva, informou que a ocupação continua e só terminará quando a prefeita Moema receber os manifestantes, para resolver o problema e dar normalidade às aulas na unidade de ensino.

(ASPROLF, 08/08/2017)

 
 
  15/01/2018
Boletim CNTE 809
As ações de resistência para defender a democracia: a pauta em 2018 é ampliar a luta!!
INFORMATIVO CNTE 809  
 
 
INSTITUCIONAL CNTE | Resistência e Convocação para a Conape 2018 (01/12/2017)
 
 

Programa 597: CNTE faz balanço das lutas de 2017

 
 

Nota Pública: Paulo Freire continua sendo o patrono da educação brasileira

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) cobrou da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) a posse dos aprovados no concurso público de 2017. Na reunião, foi informado que o...
Sinteal e trabalhadoras/es em educação da rede pública municipal de Maceió, em assembleia realizada na tarde desta 3ª feira (16/01), na sede do sindicato, no bairro do Mutange, deram início às lutas da...
O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), subsede de Ipatinga, protocolou na Comissão Interamericana de Direitos Humanos, denúncia sobre a situação envolvendo os...
Pela primeira vez na história de atuação do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) em Paranatinga (373 km de Cuiabá), o Sindicato foi convidado para reunião com o chefe do...
O Sinteal conquistou, na justiça, uma vitória na defesa da Gestão Democrática das escolas públicas estaduais de Alagoas. Em decisão do dia 13 de janeiro, o juiz Ayrton de Luna Tenório concedeu liminar...
Foto:Ricardo Stuckert/Instituto Lula Antes do Governo do Lula, os(as) Funcionários(as) da Educação não tinham direito à política de formação continuada e nem eram reconhecidos(as) como...
Diante de resultados de inúmeras pesquisas sobre a educação brasileira, desde as inquietantes reflexões de Anísio Teixeira e Paulo Freire às últimas pesquisas da OCDE - Organização para a...
Os trabalhadores e trabalhadoras em educação, reunidos em assembleia geral na última quarta-feira (10), discutiram sobre a Campanha Salarial 2018, com base no índice de reajuste de 6,81% do Piso Nacional do Magistério...
O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) faz o alerta de mais uma prática do governo Taques para promover o desmonte da escola pública, de gestão pública, gratuita, laica e de...
Após inúmeras comunicações encaminhadas à Seduc e sem nenhuma reposta, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet), José Roque Santiago protocolizou...
O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) foi convidado para uma reunião na tarde de quarta-feira (10) com a Casa Civil e a Secretaria de Estado da Educação, para ser comunicado que os 40 mil...
Dando início à campanha salarial 2018 na rede pública municipal de educação de Maceió, o Sinteal já encaminhou à Secretaria Municipal de Educação (Semed), na pessoa da titular da...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.