RO: Sintero tem audiência na Seduc para cobrar o cumprimento do Plano de Valorização dos Trabalhadores em Educação

Publicado em Terça, 30 Janeiro 2018 09:23

Sintero

A Direção do Sintero teve na sexta-feira, dia 26/01/2018, a primeira audiência com a Seduc para discutir o Plano de Valorização dos trabalhadores em educação, elaborado pelo sindicato, aprovado pela categoria e apresentado ao governo do estado ainda em dezembro de 2017.

A presidente do Sintero, Lionilda Simão, estava acompanhada de todos os integrantes da Diretoria Executiva e de diretores de todas as 11 Regionais.Os representantes dos trabalhadores em educação foram recebidos pelo secretário de Estado da Educação, Florisvaldo Alves da Silva, que estava acompanhado do secretário-adjunto, Márcio Félix, e de sua assessoria técnica.

Os diretores do Sintero explicaram ao secretário que o plano foi elaborado a partir de estudos que apontam para a necessidade urgente de se adequar salários, de rever as condições de trabalho, e do cumprimento integral da lei do Plano de Carreira (Lei Complementar nº 680/2012) e da lei do Plano Estadual de Educação-PEE (Lei nº 3565/2015). Eles argumentaram que os salários dos trabalhadores em educação estão cada mais defasados em relação ao custo de vida e em relação aos salários dos servidores de outras categorias com a mesma escolaridade.

O secretário Florisvaldo Alves da Silva, depois de ouvir os relatos e argumentos do Sintero, apenas reiterou o discurso repetido tantas vezes nas reuniões com a MENP – Mesa de Negociação Permanente, de que as finanças do estado não comportam o atendimento das reivindicações.Ele disse que a receita não aumentou, e que o gasto com a folha de pagamento já está no limite. Afirmou que até o mês de março não será possível confirmar o atendimento de reivindicações pelo fato de ainda estar finalizando o exercício de 2017.

O Sintero não aceitou esses argumentos e exige uma resposta positiva urgente às reivindicações.O secretário sugeriu que o Sintero faça parte, junto com a Seduc, de uma comissão a ser constituída para analisar a situação, principalmente as questões financeiras do Plano de Valorização. A Direção do Sintero respondeu  que não tem interesse em comissão porque não é necessário, já que o estado possui todos os dados necessários ao atendimento das reivindicações. Além disso, a criação de uma comissão só serviria para protelar as negociações, enquanto os trabalhadores em educação precisam de uma resposta rápida.

Ao final da reunião, o secretário disse que vai responder pontualmente todos os itens da proposta de Plano de Valorização dos trabalhadores em educação, e que vai se reunir com os demais integrantes da MENP para discutir a proposta e marcar uma reunião com o governador Confúcio Moura para a segunda quinzena de fevereiro para tratar do tema. A Diretoria do Sintero adiantou ao secretário que não concorda com um longo prazo para obter uma resposta do governo.

Após a reunião com o secretário, a Diretoria Executiva e os diretores de todas as Regionais do Sintero fizeram uma reunião e decidiram convocar assembleias em todo o Estado no período de 07 a 09 de fevereiro para discutir estratégias de luta.Também ficou decidido que será discutida com a categoria o cumprimento da Meta 20 do Plano Estadual de Educação, que trata do aumento do percentual constitucional do repasse para a educação.

De acordo com a Meta 20, da Lei nº 3.565/2015, o Estado de Rondônia deveria ampliar o investimento público em educação pública aumentando em 1% ao ano até atingir no mínimo 35% em 2025, partindo dos 25% em 2015. Assim, em 2018 o Estado já deveria investir 28% das receitas em educação. O cumprimento dessa meta será a solução para a falta de recursos, se o governo quiser mesmo valorizar a educação. Em vários Estados a Meta 20 já está sendo cumprida com resultados positivos tanto para a qualidade do ensino quanto para a valorização dos profissionais. No Acre, por exemplo, o investimento já é de 30%.

Luta contra a reforma da previdência

O Sintero continua firme na luta contra a proposta do governo federal de reforma da previdência. Diante da real possibilidade de votação da proposta na Câmara dos Deputados já no início das atividades legislativas, em fevereiro, o sindicato decidiu retomar as mobilizações em todo o Estado. O assunto será colocado em discussão nas assembleias em todas as Regionais, pois a educação é a categoria que terá mais prejuízos se a proposta for aprovada. Principalmente as professoras, que terão que completar tempo de contribuição e idade iguais às dos homens para se aposentar.

O Sintero vai propor uma ampla mobilização da classe trabalhadora para cobrar dos deputados federais e dos senadores o voto NÃO à reforma da previdência.

(Sintero, 30/01/2018)

 
 
  11/10/2018
Boletim CNTE 822
Discurso de ódio marca as eleições para a presidência do país. Momento exige resposta da sociedade
INFORMATIVO CNTE 822  
 
 
Videoconferência Reforma Tributária Solidária (06/08/2018)
 
 

Programa 604: Em audiência pública, CNTE reitera posicionamento contrário à BNCC

 
 

Nota Pública: Lei da Mordaça (“Escola Sem Partido”) é inconstitucional, antidemocrática e antipedagógica

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
Após quase quarenta dias de greve, as/os trabalhadoras/es da rede pública municipal de educação de Colônia Leopoldina, em assembleia geral realizada nesta quarta-feira (17), decidiram encerrar o movimento de...
Eleita para o quadriênio 2018-2022, a nova diretoria da APLB-Sindicato tomou posse na manhã desta segunda-feira, 15 de outubro, em solenidade realizada no auditório do Sindicato dos Comerciários. Integrantes da APLB da...
A Direção Executiva da CUT, reunida em São Paulo no dia 10 de outubro de 2018, avaliou os resultados do primeiro turno das eleições e decidiu convocar a mais ampla mobilização nas bases CUTistas para...
Fotos: Jordana Mercado O candidato Fernando Haddad (PT) participou na segunda-feira (15), dia do professor, de ato em homenagem aos docentes na sede da Apeoesp, sindicato da categoria, em São Paulo. O presidente da CNTE, Heleno Araújo,...
O programa "De olho na educação", da TV Cultura, abordou, no dia 15 de outubro, o tema da formação dos professores.O presidente da CNTE, Heleno Araújo, contribuiu com reflexões sobre o piso e a carreira de...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE/Brasil vem a público manifestar o seu mais irrestrito APOIO à heroica greve indeterminada levada à cabo pelos trabalhadores...
São Paulo – Professores e demais trabalhadores da educação terceirizados, escolas públicas entregues à gestão de organizações sociais privadas ou dos militares e educação a...
A Internacional da Educação, federação mundial de sindicatos nacionais de educação em 177 países e territórios, compilou as "‘25 lições sobre Educação e...
Prezado(a) Colega,  Neste nosso dia, tomo a iniciativa de escrever-lhe porque, como você, sou professor de educação básica e estou muito preocupado com os rumos do país, e da educação em particular....
Em homenagem ao Dia do Professor, o Correio Braziliense preparou uma reportagem especial e contou com a participação do presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, Heleno Araújo....
Nosso país vive um grave momento, onde correm risco sua democracia e sua soberania, colocando em jogo o futuro e a cidadania do país e dos/as trabalhadores/as. Para fortalecer a defesa da democracia e da educação, sugerimos...
Em clima de muita tranquilidade e com os trabalhos da Comissão Eleitoral Geral primando pela organização, foi encerrado, às 21h de terça-feira (9), o primeiro dia das eleições no Sinteal, com a categoria...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.