AL: Movimento unificado rejeita proposta de 1,85% da Prefeitura de Maceió em assembleia geral

Publicado em Terça, 05 Junho 2018 17:07

Sinteal05

Em nova assembleia bastante representativa das categorias, realizada na manhã desta terça-feira (05), no Clube Fênix Alagoana (Centro de Maceió), os servidores públicos municipais de Maceió (AL) e todos os sindicatos representativos decidiram rejeitar por unanimidade a proposta de reajuste de 1,85% apresentada pelos representantes da Prefeitura a lideranças do Movimento Unificado dos Servidores, na audiência de negociação que ocorreu um dia antes (2ª feira 04), na Secretaria Municipal de Gestão (Semge).

Segundo a presidenta do Sinteal, Consuelo Correia, “o que vimos aqui, hoje, foi uma demonstração de organização e força de todas as categorias de servidores e servidoras públicas do Município de Maceió, na luta por seus direitos. E essa luta, essa pressão já conseguiu fazer com que a Prefeitura saísse da proposta de zero por cento para outro índice [1,85%], que ainda não é o que merecemos. Ontem, na rodada de negociação, conseguimos marcar outra audiência para a próxima quinta-feira [dia 07], com possibilidades reais de um aumento no índice de reajuste, tudo isto graças à nossa luta, inclusive com os dois dias de paralisação”.

A assembleia unificada também votou e decidiu pela realização de uma nova assembleia unificada de servidores municipais, no dia 07 (quinta-feira), às 15h, na sede da Semge, no Centro de Maceió, seguida de uma “vigília de luta” para acompanhar a audiência do Movimento Unificado dos Servidores com os gestores municipais.

Na próxima 2ª feira (11/06), às 09h, novamente no Clube Fênix Alagoana, o Movimento Unificado realizará outra assembleia geral de luta para repassar às categorias as informações sobre as negociações com a Prefeitura e para novos encaminhamentos de luta.

Rodada de negociação

Nesta tarde da segunda-feira (04), o Movimento Unificado dos Servidores Municipais de Maceió realizou uma “vigília de luta” na sede da Semge para acompanhar a audiência com os gestores, que foi realizada num clima de indignação e cobrança. Os dirigentes sindicais foram contundentes na defesa e na cobrança de um percentual de reajuste real e que valorize as categorias, já que em 2017 o reajuste não ocorreu, com a prefeitura impondo um 0%.

Na reunião, os gestores saíram do 0% (zero por cento) para a proposta de 1,85%, condicionada ao não pagamento das progressões, que foi imediatamente rejeitada pelos sindicatos. Para a presidenta do Sinteal, Consuelo Correia, “a prefeitura utiliza a política de dar com uma mão e tirar com a outra, O movimento unificado e o conjunto de servidores públicos de Maceió rejeitam esta proposta de reajuste e exigem nova rodada de negociação. Acreditamos que a Prefeitura de Maceió pode aumentar este índice de reajuste, como foi acenado pelos representantes do Executivo municipal nesta reunião de negociação. É isso que iremos cobrar na negociação da próxima quinta-feira [07/06]”.

Agenda de luta

07 de junho (5ª feira), às 15h, Assembleia Unificada de Luta dos Servidores de Maceió, na sede da Secretaria Municipal de Gestão (Semge), à Rua Pedro Monteiro, no Centro de Maceió. Depois, “Vigília de Acompanhamento” da nova rodada de negociação do Movimento Unificado dos Servidores Públicos Municipais com os gestores.

11 de junho (2ª feira), às 09h, nova Assembleia Geral dos Servidores Públicos Municipais de Maceió, no Clube Fênix Alagoana. Pauta: Informes gerais e Encaminhamentos de Luta.

(Sinteal, 05/06/2018)

 
 
  17/09/2018
Boletim CNTE 820
19ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública: um momento de reflexão para avançar no futuro!
INFORMATIVO CNTE 820  
 
 
Videoconferência Reforma Tributária Solidária (06/08/2018)
 
 

Programa 604: Em audiência pública, CNTE reitera posicionamento contrário à BNCC

 
 

Nota Pública: Lei da Mordaça (“Escola Sem Partido”) é inconstitucional, antidemocrática e antipedagógica

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados Nessa quarta-feira (19/09), o secretário de Assuntos Jurídicos e Legislativos da CNTE, Gabriel Magno, participou de uma Comissão Geral para debater o uso de recursos de...
Desde de segunda-feira (17/09), ocorre em todo o Brasil a 19ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública. Conforme orientação da Confederação, o Sindicato dos...
Os recursos referentes à parcela de agosto do salário-educação estão disponíveis a partir desta sexta-feira (14), na conta corrente de estados, municípios e do Distrito Federal. Responsável pela...
Com a participação de mais de 450 profissionais da educação, aconteceu entre os dias 14 e 16 de setembro, o Encontro Extraordinário de Educação do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de...
A CNTE esteve presente na audiência pública que debateu a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Ensino Médio na manhã desta sexta-feira (14), em Brasília. A secretária de finanças da CNTE, Rosilene...
“A Emenda Constitucional 95 aponta para um futuro sombrio aonde a Educação será cada vez mais mercantilizada e dominada pela iniciativa privada”, afirmou o secretário de assuntos municipais da...
O Sindicato do Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) realiza, a partir desta sexta-feira (14.09), no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá, três dias (14, 15 e 16) de Encontro Extraordinário de...
A Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (FETEMS) realizou na quarta-feira (12/9), o Seminário Sobre a Conjuntura Educacional com o Presidente da CNTE (Confederação Nacional dos...
O Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet), através de Regional de Palmas, vem por meio dessa nota expressar repúdio contra a direção do CMEI Sementinhas do Saber, por viabilizar...
Jordana Mercado Reunido desde ontem (11) em Curitiba-PR, o Coletivo de Aposentados e Assuntos Previdenciáriosda CNTE está tendo as atividades numa dinâmica de debate, socialização das melhores práticas entre os...
El Grupo de Trabajo CLACSO Indígenas y espacio urbano Manifiesta su adhesión al comunicado: La dirección y los miembros investigadores del programa de investigación “Economía política y formaciones...
Os participantes do Congresso dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Estado da Paraíba aprovaram neste sábado (01/09), a denominação desta edição do encontro de “Congresso Lula...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.