PE: Reforma Trabalhista e da Previdência são pontos de debate na Plenária dos/as Administrativos/as em Educação

Publicado em Segunda, 03 Dezembro 2018 17:19

Sintepe2

O Sintepe realizou, nesta sexta-feira (30), a Plenária dos/as Administrativos/as em Educação. A discussão foi realizada no auditório do Sindicato e contou com a contribuição da Secretaria para Assuntos Jurídicos e de Legislação que explicou aos/às trabalhadores/as como a Reforma Trabalhista e da Previdência podem afetar os/as servidores/as públicos/as.

A Reforma Trabalhista, aprovada em 2017, alterou diversos pontos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). De acordo com a advogada Andrielly Gutierres, existem quatro pontos importantes que merecem a atenção dos/as trabalhadores/as em geral: a flexibilização dos direitos da CLT, que equivocadamente supõe igualdade de forças no poder de negociação do empregado com o patrão; o enfraquecimento dos sindicatos, por meio da extinção da contribuição sindical compulsória; a restrição de acesso à Justiça do Trabalho e a terceirização irrestrita, que ampliou a possibilidade de terceirização para todas as atividades da empresa, antes restritas às atividades-meio.

Para Gutierres, das mudanças acima, o enfraquecimento dos sindicatos e a terceirização irrestrita são os efeitos da Reforma que podem ser sentidos mais fortemente no funcionalismo público, especialmente pelos/as os/as servidores/as administrativos/as. Ela alega, contudo, que há limitações para a expansão dessa interpretação no funcionalismo público.

De acordo com integrantes da Secretaria para Assuntos Jurídicos e de Legislação, o Supremo Tribunal Federal (STF), referendando a modificação trazida pela reforma, reconheceu a inconstitucionalidade da vedação de terceirização na atividade-fim das empresas, prevista em súmula do Tribunal Superior do Trabalho, porém não enfrentou ainda a questão dos limites dessa expansão da terceirização no âmbito da Administração Pública.

Além do mais, o princípio de ingresso pelo concurso público e o Plano de Cargos e Carreira (PCC) são elementos importantes para o segmento, pois o primeiro atende ao princípio da moralidade, impessoalidade e eficiência, que são maculados com a terceirização; já o segundo garante aos/às trabalhadores/as da educação a unidade legal e política da categoria, podendo ser argumento forte para afastar a ideia de que o assistente administrativo educacional executa atividade-meio na educação.

O diretor da Secretaria para Assuntos Jurídicos e de Legislação, José Severino de Barros, pontuou sobre a precarização do contrato de trabalho, situação vivida atualmente pelos/as professores/as com contratos por tempo determinado. “Essa diferenciação já existe na nossa categoria. O professor contratado é muito mais pressionado e assediado do que os profissionais efetivos e isso já demonstra como essa precarização pode acontecer nos demais segmentos”, lembrou.

Sobre a Reforma da Previdência, Barros explicou que o sistema previdenciário atual é construído partir de um princípio de solidariedade. As aposentadorias são pagas a partir da contribuição dos/as trabalhadores/as em exercício e, à medida que não se promove concurso público, não haverá condições de fortalecer o sistema previdenciário. Barrou pediu união dos/as trabalhadores/as para barrar a Reforma da Previdência e lutar para que todos possam se aposentar.

Ainda sobre a Reforma da Previdência, a advogada informou que não há uma proposta finalizada acerca da Previdência e, por isso, não há como falar ainda detalhadamente sobre essa questão. Entretanto, é fundamental que a Reforma da Previdência deve respeitar o princípio da transição e, sobretudo, o direito adquirido (garantia de se aposentar pelas regras atuais para aqueles servidores que já preencheram todos os requisitos).

Para Dílson Marques, diretor de Imprensa do Sintepe, o próximo governo aprofundará o ataque aos direitos trabalhistas, postura defendida pelo Presidente eleito quando afirmou que os/as trabalhadores/as terão de decidir entre trabalho ou direitos. “Diante desse processo de ataque, as nossas famílias serão atingidas e como esses/as trabalhadores/as se organizarão? É importante a mobilização e união do/as trabalhadores/as em torno dos seus sindicatos”, alertou Marques.

Aposentadoria 

A Secretaria para Assuntos Jurídicos e de Legislação comunicou ainda que quem deseja se aposentar deve se dirigir à Secretaria de Educação ou à Central de Atendimento ao Servidor e solicitar a Simulação da Certidão de Contribuição, documento que atesta o tempo de contribuição. Tendo ciência da idade mínima, o trabalhador deve vir ao Sindicato e conversar com a Secretaria para Assuntos Jurídicos e de Legislação para que todos os encaminhamentos possam ser dados pela equipe do Sintepe.

Foto - Agência JC Mazella

(Sintepe, 3/12/2018)

 
 
  08/02/2019
Boletim CNTE 825
O começo do ano letivo de 2019 traz imensos desafios para os trabalhadores em educação de todo o Brasil
INFORMATIVO CNTE 825  
 
 
Videoconferência Reforma Tributária Solidária (06/08/2018)
 
 

Programa 607: No Dia do Aposentado, CNTE pede resistência.

 
 

Carta aberta aos(às) trabalhadores(as) em educação e à sociedade sobre os retrocessos na agenda social do país

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
Em visita à Escola Estadual Nossa Senhora do Bom Conselho, na última sexta-feira (8/2), o Sinteal foi informado sobre problemas graves na estrutura. Em conversa com a direção da Escola, a presidenta Consuelo Correia...
O Sindicato APEOC, representado pelo presidente, Anizio Melo, e pelo secretário-geral, Helano Maia, reuniu-se nesta sexta-feira (08), com o secretário da articulação política, Nelson Martins, para tratar do projeto da...
Em carta recente ao Supremo Tribunal Federal (STF), o secretário da Fazenda do Estado de Alagoas, George Santoro, formulou pedido de quebra da garantia constitucional da irredutibilidade dos salários dos trabalhadores. Nesta mesma semana,...
"Eles querem colocar o partido conservador dentro do espaço da escola, tirando a pluralidade", diz presidente da CNTE Alunos em filas separadas por gênero cantam o hino nacional antes de entrarem à escola. Todos uniformizados, se...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) convoca os membros das secretarias e assessorias jurídicas das entidades filiadas para participarem de reunião para avaliar, definir...
No dia 20 de fevereiro, será realiza em São Paulo, a Assembleia Nacional da Classe Trabalhadora. Organizada e já convocada nos Estados e municípios pelas Centrais Sindicais, o encontro tem como pauta principal a defesa da...
No dia 20 de fevereiro, será realiza em São Paulo, a Assembleia Nacional da Classe Trabalhadora. Organizada e já convocada nos Estados e municípios pelas Centrais Sindicais, o encontro tem como pauta principal a defesa da...
A Direção do Sintero se reuniu na última segunda-feira (04/02), com o novo secretário de Estado da Educação, Suamy de Abreu, para tratar de vários assuntos de interesse dos trabalhadores em...
Assim como no Brasil, a propagação de falsas notícias nas redes sociais da Internet atinge a todos os países da região, atacando e difamando pessoas e setores sociais inteiros de um país. Definitivamente, virou...
O presidente do Sindicato APEOC, Anizio Melo, e o dirigente, Mikaelton Carantino, foram à Assembleia Legislativa do Ceará nesta terça-feira (05), para cobrar dos parlamentares estaduais a aprovação do projeto de lei...
É com muita preocupação que o Sintero vem a público manifestar repúdio diante da declaração feita pela Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, em vídeo divulgado na...
Educadores da rede municipal de Colinas do Tocantins estabeleceu um prazo máximo de trinta dias, para que a Prefeitura Municipal manifeste uma resposta sobre a pauta da Educação. Caso a gestão não responda dentro do...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.