Vitória do Ocupa Brasília encurrala governo golpista que, fraco e temeroso, convoca o Exército e inicia um pré-Estado-de-Sítio no Brasil

Publicado em Quinta, 25 Maio 2017 11:11

banners nota publica 2

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, entidade representativa de mais de 4,5 milhões de trabalhadores das escolas públicas brasileiras de nível básico, torna pública a sua posição quanto à gigantesca manifestação que ocorreu no dia de ontem (24/04), no Ocupa Brasília, trazendo lutadores sociais de todo o Brasil à capital da República.

A vitória do movimento de ontem, fruto de uma ação de unidade há muito não vista no campo dos movimentos sindical e social brasileiro, reuniu cerca de 200 mil pessoas em Brasília. A diversidade e a pluralidade foram as marcas dessa que já reconhecida como a maior manifestação de massa que Brasília já viu. Definitivamente, o povo na rua encurralou esse governo ilegítimo, deixando claro a todos que essa sua agenda não deve prosperar jamais!

Diante da magnitude da manifestação, que surpreendeu o governo ilegítimo pelo seu tamanho e adesão, e também deixou a fraca Polícia Militar do Distrito Federal sem condições de oferecer o mínimo de segurança que se exige em momentos de grande aglomeração de pessoas na rua, o governo ilegítimo e golpista de Temer deu sua resposta: convocou as Forças Armadas para garantir a lei e a ordem no Distrito Federal. A medida do governo fraco e moribundo de Temer não repercutiu bem sequer no próprio Exército brasileiro, que viu na atitude um desrespeito e rebaixamento à instituição militar brasileira.

O próprio governo de Brasília, que perdeu todo o controle sobre a sua Polícia Militar, essa que que só se presta a usar de truculência e coloca-se contra o seu próprio povo, não respaldou a atitude do Governo Federal. Críticas também vieram de membros do Supremo Tribunal Federal e de expressivos segmentos jurídicos, que viram nesse ato desesperado do golpismo, para além de sua própria fraqueza, a possibilidade até de crime de responsabilidade.

Definitivamente, a máxima de que golpe gera golpe está a se concretizar no Brasil nos dias de hoje. O que se percebe na atual conjuntura é o estabelecimento de um pré Estado de Sítio no Brasil, protagonizado por um governo corrupto, encurralado pela Justiça e pelo povo nas ruas. Um governo fraco, criminoso e titubeante, que não tem mais condições morais e políticas para prosseguir governando. Os/as educadores/as brasileiros/as repudiam a medida de fraqueza do golpismo de convocar as Forças Armadas e também, de forma veemente, a truculência da Polícia Militar do DF, que mais uma vez, demonstrou não estar à altura de seu povo e tampouco dos salários que recebem do erário, um dos mais altos do Brasil, pagos, inclusive, com recursos de todo o país, por meio do Fundo Constitucional do DF. Pelo fim da violência policial!! É necessário, mais do que nunca, que a sociedade brasileira discuta se deseja uma polícia militarizada que agride e mata o seu próprio povo que, inclusive, lhe paga o seu soldo.

Brasília, 25 de maio de 2017
Direção Executiva da CNTE

 
 
  23/03/2018
Boletim CNTE 813
Debate sobre a privatização da educação repercute para dentro e fora do Brasil
INFORMATIVO CNTE 813  
 
 
CNTE convoca trabalhadores/as a realizarem atos em defesa de Lula (07/05/2018)
 
 

Programa 601: CNTE lança campanha para o Dia Internacional de Luta contra a LGBTfobia

 
 

Lula é um preso político! A ditadura escancarada de Temer só sucumbirá com o povo nas ruas!

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
O Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet), junto aos demais sindicatos e associações representantes dos servidores públicos estaduais estiveram reunidos com o governador interino, Mauro...
Estudantes, professores, técnicos educacionais e centenas de comunidades dos distritos e da zona rural de Porto Velho estão sendo seriamente prejudicados pela prefeitura de Porto Velho devido à falta de transporte escolar.A...
Diretoras/es do Sinteal e do Núcleo Regional/Viçosa e trabalhadoras/es da rede municipal de Educação de Capela participaram, na quarta-feira (16/5), de sessão ordinária na Câmara Municipal, quando...
"É uma data de celebração, comemoração, mas também é um dia de luta. Neste ano no Brasil não temos muito a comemorar porque vivemos um golpe recheado de retrocessos. A comunidade LGBT...
Coordenada pela Campanha Nacional pelo Direito à Educação há 15 anos, a SAM 2018 acontecerá entre os dias 3 e 10 de junho em todo o território nacional. Ela precede a data de aniversário do Plano...
Em defesa da educação livre de mordaça, o Sinteal realizou nesta quarta-feira (16), uma grande mobilização no município de Boca da Mata. Em sessão ordinária na Câmara Municipal de Vereadores...
Os alunos da Unidade de Educação Integral da Escola Municipal João Cabral, na Vila Verde (CIC), sofrem com o mau cheio causado por um vazamento no esgoto do banheiro. Além do incomodo, a situação expõe...
A maioria das escolas municipais de Recife amanheceram fechadas nesta segunda-feira, 14/05. O motivo: a prefeitura não liga para educação. Com a greve deflagrada no último dia 11 de maio pelos professores do Recife, quase...
Começou nessa segunda-feira (14/5), a 1ª Semana da Diversidade da EEM Irmã Maria Teresa, em Palhoça, que irá realizar uma série de atividades com o objetivo de debater a LGBTFobia no espaço escolar, bem...
O presidente da CNTE, Heleno Araújo, participou na tarde desta terça (15) da audiência pública que debateu a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 15/2015, que torna permanente o Fundo de...
Há 24 dias o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) protocolou ofício junto à Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer de Mato Grosso (Seduc-MT) solicitando uma...
Em dia de paralisação da rede municipal de educação de Maceió, o Sinteal organizou mais uma vigília de luta, na manhã dessa segunda-feira (14). Com faixas, bandeiras e cartazes, a categoria ocupou o...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.