Entidades se comprometem a enfrentar a privatização e a mercantilização da educação pública brasileira

Publicado em Quarta, 21 Junho 2017 17:59

DSC 0971

Para encerrar o Seminário Nacional “Privatização e Mercantilização da Educação no Brasil”, realizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), nesta terça e quarta-feira (20 e 21), foi promovido trabalho em grupos. A proposta teve como base o planejamento apresentado em encontro da Costa Rica para refletir quais são os componentes, além dos já previstos, necessários para responder ao fenômeno da privatização da educação no Brasil.

Para Sueli Veiga, vice-presidente daFederação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), combater a privatização da educação é mais uma tarefa da entidade, mas que, especialmente neste momento, talvez seja uma das principais bandeiras a assumir. “Quando a gente vem a um seminário, onde nós temos uma avaliação do que acontece na América Latina, no mundo e no Brasil, na educação básica e superior, isso assusta um pouco”, revelou.

Segundo Sueli, é necessário um grande debate para reafirmar as bandeiras históricas de defesa de uma educação pública de qualidade para todos em todos os níveis de todas as idades e em todos os lugares. “A gente sai daqui com um desafio e propondo encaminhamentos para que se façam debates nos estados e municípios com as redes públicas e com a rede privada no sentido de enfrentar e se contrapor a essa privatização e a essa proposta de mercantilização da educação, que é tirar a educação da concepção do contexto do direito público para o contexto das políticas de mercado dos serviços”, concluiu.

Ao fim, o seminário trouxe tarefas importantes para as 50 entidades filiadas à CNTE e indicou a necessidade de formar grupos de trabalho em cada sindicato para aprofundar o assunto e fazer uma investigação em parceria com as universidades para se chegar a um diagnóstico mais concreto da situação da mercantilização da educação no Brasil. Segundo o presidente da Confederação, Heleno Araújo, tendo esse conhecimento, será feita uma ampla divulgação, com a criação de observatórios e a articulação com outras categorias de profissionais. “O seminário foi concluído, mas é apenas uma etapa dessa também grande tarefa que nós temos para o futuro”, resumiu.

Para o secretário de Assuntos Educacionais da CNTE, Gilmar Soares Ferreira, o seminário foi um momento importante para aprofundar o conhecimento sobre o fenômeno da privatização e da mercantilização. “Esse processo agora passa a ser um objeto prioritário de investigação até mesmo para que possamos fazer o enfrentamento. Então, as medidas que esse seminário apontou são necessárias e urgentes para que a gente possa combater a privatização da educação e, ao mesmo tempo, cobrar dos governantes e políticos o compromisso com a educação pública de qualidade, laica e socialmente referenciada”, concluiu Gilmar.

DSC 0004

 
 
  21/09/2017
Boletim CNTE 801
19 de setembro: Jornada de Luta Latino-americana em Defesa da Educação Pública
INFORMATIVO CNTE 801  
 
 
Reunião do CNE discute a Reforma da Previdência (14/09/2017)
 
 

Programa 594: Medida Provisória que trata do novo Fies dificulta o acesso ao ensino superior

 
 

CNTE faz análise sobre o PL 6.847/17, que visa regulamentar o exercício da profissão de Pedagogo

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
Apoiando a cultura, a APLB Feira participou e apoiou o “Aberto do Cuca” - evento que comemora os 22 anos do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca) - nesta quinta, 21. Trabalhadores em Educação participaram com a...
O Paulo Freire em setembro realizou, na terça-feira (19), uma Jornada Latino Americana de Luta em Defesa da Educação Pública, Gratuita, Laica e Emancipadora. Pela manhã, a iniciativa foi toda realizada no...
Diretoras do Sinteal participaram, na tarde dessa quinta-feira (21/09), no auditório da Câmara Municipal de Vereadores de Maceió, no Centro desta capital, de um ato conjunto juntamente com companheiras dos demais movimentos...
Na tarde dessa quarta-feira (20), as diretoras do Sinteal Ivanilza Fabricio e Neide Aparecida, junto com a assessoria jurídica da entidade, estiveram reunidas na Promotoria de Justiça de Maragogi, com a Drª. Francisca Paula...
Na manhã desta quarta-feira (20), a direção do SISMMAC se reuniu com professoras e professores da rede municipal para repassar novas orientações sobre como organizar a reposição dos dias de...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, entidade representativa dos trabalhadores na educação básica pública de todo o país, vem a público REPUDIAR a...
Numa fala análoga à xenófoba, o vereador afirmou que os professores que não moram no bairro de Itinga têm nojo das crianças do referido bairro; além de declarar abertamente que é contra a escolha...
A CNTE participa nesta quinta-feira (21), em Fortaleza (CE), da Audiência Pública que debate nesta manhã o pagamento do precatório do Fundef e, a partir das 14h, a proposta do Novo Fundeb . O sindicato Apeoc-CE, com o apoio...
Após deliberação em assembleia realizada na última terça-feira (19), sete profissionais da educação municipal iniciaram às 18h00 desta quarta-feira (20), uma greve de fome por tempo indeterminado....
Paulo Freire em setembro reuniu, na última terça-feira (19), estudantes, educadores e representantes de intuições de ensino e sindicatos no auditório do Centro de Educação da UFPE, no Recife. Anualmente,...
A assembleia da rede municipal de educação foi realizada na noite da última terça-feira (19), em frente à Câmara Municipal de Palmas. Os profissionais da educação votaram por unanimidade pela...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, entidade representativa dos profissionais da educação básica brasileira, torna pública a sua mais irrestrita solidariedade ao...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003
Fax: +55 (61) 3225-2685

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.