CNTE participa do 13º Congresso Mundos das Mulheres e Seminário Fazendo Gênero

Publicado em Sexta, 04 Agosto 2017 13:40

01 cnte fazendo genero

Entre os dias 30 de julho e 4 de agosto, o Brasil recebe o 13º Congresso Mundos de Mulheres (MM) – encontro internacional e interdisciplinar de e sobre mulheres que ocorre em conjunto com Seminário Internacional Fazendo Gênero em Florianópolis (SC). A CNTE está presente neste evento que reúne mulheres de todo mundo no campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Da diretoria da CNTE, participam do evento a Secretária de Relações de Gênero, Isis Tavares, a Secretária de Formação, Marta Vanelli, e a Secretária Executiva, Berenice D’Arc Jacinto. Dos sindicatos filiados a CNTE estão presentes: Sinte/SC, App/PR, Apeoesp, Sindiupes, Sindiute MG, Sinpro/DF e SINTERR.

Saúde das mulheres

Nos dias 31 de julho e primeiro de agosto a Secretária da CNTE, Isis Tavares, participou da reunião ordinária do Conselho Nacional de Educação, que foi transferida para este evento. Nesta reunião foi realizada a Conferência Livre do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher para a segunda Conferência Nacional de Saúde das Mulheres. “Discutimos sobre o sofrimento psíquico e mental que atinge muitas mulheres, em especial as trabalhadoras em educação. Isso afeta nossa categoria que tem mais de 80% de mulheres em sua base. É um problema que precisa ser enfrentado”, destacou Isis Tavares.

Rodas de Conversa e marcha de mulheres

A programação do Congresso e do Seminário contou com apresentações artísticas, mesas de debates, conferências e manifestações. A CNTE marcou presença na Marcha Mundo de Mulheres por direitos, na roda de conversa sobre educação e estratégias de educação inclusiva, e na mesa redonda "Gênero, Diversidades e Educação: perspectivas contemporâneas".

A Marcha Mundos de Mulheres por Direitos ocorreu no dia 2 de agosto. Este espaço de luta integrou reivindicações de pessoas do mundo todo: mulheres negras, indígenas, quilombolas, agricultoras, residentes do campo e da cidade, trabalhadoras do sexo, pessoas trans e não-binárias, mulheres lésbicas, bissexuais, estudantes, trabalhadoras informais, imigrantes e acadêmicas. "Estamos aqui para gritar bem alto que queremos nossos direitos recuperados e estamos na resistência! Nós vamos lutar pelos nossos direitos à educação, à saúde, ao trabalho, ao amor, aos nossos direitos sexuais e reprodutivos", ressaltou a Secretária de Relações de Gênero da CNTE, Isis Tavares, que participou da Marcha.

Um tema de destaque nas rodas de conversa realizadas no dia 3 de agosto foi a necessidade de discutir gênero dentro da escola. “Precisamos ter um espaço democrático dentro de sala de aula que valorize as diferenças, para que elas não sirvam como motivo para discriminar pessoas LGBTs ou para prática de bullying, violências que tantas vezes causam evasão escolar”, pontuou Isis Tavares.

Na avaliação da CNTE, na sociedade capitalista nenhum direito está assegurado: “A história não acabou e nós precisamos combater essa intolerância, agressividade e violência contra as pessoas que não estão nos padrões de masculinidade. A gente precisa ir pra rua e lutar por outro tipo de sociedade. A gente precisa ter unidade e resistir, não de forma passiva, mas com ousadia, enfrentamento, e assim retomar o protagonismo no crescimento do nosso país”, concluiu Isis Tavares.

 
 
  19/06/2018
Boletim CNTE 815
Instituto divulga relatório sobre o PNE e os resultados tendem a piorar
INFORMATIVO CNTE 815  
 
 
Heleno Araújo conclama categoria para apoiar greve dos eletricitários
 
 

Programa 602: Heleno Araújo participa de audiência pública no senado sobre violência nas escolas

 
 

Nota Pública: Lei da Mordaça (“Escola Sem Partido”) é inconstitucional, antidemocrática e antipedagógica

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
Os servidores que foram contratados até 15 de março de 1987 e que mudaram de regime de celetistas para estatutários serão beneficiados pela transposição com a conversão da Medida Provisória 817 na...
Em assembleia geral organizada pelo Sinteal e núcleo regional, realizada nesta 6ª feira (13), as/os trabalhadoras/es em educação da rede municipal aprovaram o reajuste de 6,81% proposto pelo gestor, mas definiram também...
Lu Sudré Enquanto o salário mínimo brasileiro é de R$ 954, há quem receba um salário maior do que R$ 3 milhões mensalmente. É o que mostram dados da Comissão de Valores...
Na última quinta-feira (12/07/18) ocorreu uma agenda de reunião entre o Governo do Estado e o Sind-UTE/MG.Durante a reunião, o Sindicato cobrou soluções para o atraso e parcelamentos dos salários dos/as...
NOTA PÚBLICA O Governo Pinho Moreira (MDB) anunciou, em 12/07, que fará o parcelamento da metade do 13º salário dos servidores estaduais, sob o pretexto de contenção de despesas e controle de gastos. O valor...
Em meio a tantas dúvidas e informações desencontradas sobre o tema, o Sinteal realizou nesta quinta-feira (12), um Seminário sobre problemas e perspectivas sobre os recursos do FUNDEF. O evento aconteceu no Espaço...
Para abrir os debates e discussões que estarão presentes na XIV Conferência Estadual de Educação, o SINTESE realiza, entre os meses de julho e setembro, as Pré-Conferências Regionais de...
Na manhã de quarta-feira (11), o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública realizou uma nova assembleia com toda a categoria estadual para discutir o andamento da greve nas cidades do Piauí. A reunião...
Em 10 de agosto, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e os sindicatos filiados participam das ações do Dia do Basta, promovido pelo Fórum das Centrais. A data marca as...
Os professores demonstraram, ontem (11), a força de mobilização da categoria. Ao lado dos parlamentares da oposição e de estudantes, impediram, na comissão especial na Câmara dos Deputados, por meio de...
Na condição de entidade representativa de mais de 4,5 milhões de trabalhadores em educação das escolas públicas de todo país, entre ativos e aposentados, efetivos e contratados a qualquer título,...
O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) recebeu denúncias de que professoras contratadas que estão em licença-maternidade não receberam o salário referente às...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.