Escola Pública do Recanto das Emas (DF) trabalha a Revista Mátria em sala de aula

Publicado em Quinta, 03 Maio 2018 15:14

2018 05 03 destaque 1

Desde 2017, o Centro de Ensino Fundamental 113 do Recanto das Emas (DF) inseriu no calendário escolar atividades que abordam o empoderamento feminino e o respeito às diferenças.

“Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, trouxemos especialistas para conversar com os alunos. A advogada Ludmila Rocha explicou a Lei Maria da Penha e como ela surgiu; a agente penitenciária Débora Cristina Barbosa alertou as jovens sobre a realidade do presídio feminino e a psicóloga master coach Samira Rahhal falou sobre amor próprio”, conta a diretora do CEF 113, Núbia Almeida.

Para abordar a questão da violência contra as mulheres, a professora Rúbia Estefânia Silva trabalhou em salas de aula a cartilha “Vamos Conversar?, doada pela A Casa da Mulher Brasileira e a ONU Mulheres. “Também trabalhei um roteiro de pesquisa sobre a Lei Maria da Penha e realizei uma enquete sobre violência doméstica, que vai virar um gráfico pra saber a realidade da escola. Com a Revista Mátria, da CNTE, os alunos fizeram análises de alguns textos e, de forma anônima, relataram suas experiências com a violência familiar”.

2018 05 03 destaque 4Já a professora Líbia Oliveira Nascimento fez a dinâmica “Mais amor sem favor” para trabalhar a questão das ofensas e agressões. Ela pediu para que os alunos imaginassem uma mulher e pensassem no que eles diriam ou fariam para que esta mulher se sentisse ofendida.

“Coloquei os meninos para pensar: como seria o mundo se realmente tudo que a gente pensa a gente fizesse? E se eles fossem essa pessoa que querem ofender? Ter vontade não é crime, mas todo ato de violência começou com um pensamento. Saber conviver não é um favor, é uma necessidade. Quando você faz algo mal, está criando uma sociedade ruim que pode se virar contra você um dia. Depois de explicar tudo isso a eles, pedi para que pensassem coisas positivas para essa mulher que eles quiseram ofender e redigissem suas desculpas”.

Implantar essas atividades mudou o dia a dia da escola e o comportamento dos alunos. “As crianças desta comunidade são mais pobres e muitas delas acreditam que não tem condições de alcançarem um futuro melhor. Com esses trabalhos, podemos abrir as mentes desses alunos e mostrar quantas oportunidades eles podem ter. Hoje é possível perceber uma total mudança de comportamento e respeito entre eles e com os professores. Estão se mostrando muito mais interessados em debater e aprender”, conclui a diretora.

 

 
 
  15/03/2019
Boletim CNTE 828
Dia 22 de março barraremos o ataque do Governo Bolsonaro aos nossos direitos
INFORMATIVO CNTE 828  
 
 
Concurso Luz, Câmera, Educação!
 
 

Programa 609 - Dia de Luta em Defesa da Previdência - 22 de março

 
 

Carta aberta aos(às) trabalhadores(as) em educação e à sociedade sobre os retrocessos na agenda social do país

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
O Sintero reuniu milhares de pessoas durante ato público contra o feminicídio e em defesa dos direitos das mulheres, nesta terça-feira (19/03). Na ocasião, houve uma caminhada pelas ruas do centro de Porto Velho e foi...
O SINTE-PI realizou nesta segunda-feira (18) uma manifestação no Pátio da Secretária de Educação e Cultura do Estado (SEDUC-PI). Os servidores da educação reivindicam a valorização...
No aniversário de 40 anos do Sindicato dos Professores no Distrito Federal (Sinpro-DF), completados na última quinta-feira (14), a entidade não poderia ter ganho presente melhor: o reconhecimento da luta sindical. A sessão...
Nesta terça-feira (19/3), o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Heleno Araújo, participou de audiência sobre Proposta de Emenda à Constituição...
A Direção do Sintero, representada pela presidente Lionilda Simão e pelo secretário de Finanças, Manoel Rodrigues da Silva, participou de audiências em Brasília, na terça-feira (12/03), com o...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) convoca todos os trabalhadores em educação para integrarem as mobilizações contra a reforma da previdência, marcada para o dia 22...
Por Luiz Fernando* No dia 15 de março, o jornal que circula na cidade de Betim - que noutro tempo era sagaz ao desnudar e estampar os problemas da cidade, que continuam os mesmos – divulgou a notícia de que “PISO SALARIAL DOS...
  A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) lança neste mês de março o concurso de vídeos de um minuto “Luz, Câmera,...
Redução de gastos na educação e armamento não combatem casos como de Suzano O massacre na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), nessa quarta-feira (13), gerou medo e pânico não apenas em quem...
A implantação de Escolas Militares em Mato Grosso, com recursos da educação pública, voltou à pauta de debate em reunião na sala da Câmara de Educação Básica do Conselho...
* Arlete Sampaio O Sindicato dos Professores no Distrito Federal, em 14 de março de 2019, completa 40 anos de lutas e conquistas para a categoria profissional dos professores, orientadores educacionais e especialistas da educação...
O Sinpro convoca os(as) professores(as) e orientadores(as) educacionais para Assembleia Geral, com paralisação, dia 14 de março, às 9h30, no Mané Garrincha. Além de analisarmos a conjuntura, a assembleia...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.