Os(as) educadores(as) brasileiros(as) se solidarizam com a professora eleita deputada estadual por Minas Gerais Beatriz Cerqueira (PT-MG) e com os deputados(as) federais eleitos(as) Áurea Carolina (PSOL-MG) e Rogério Corrêa (PT-MG)

Publicado em Quinta, 20 Dezembro 2018 17:40

banners nota publica 2

A cerimônia de diplomação do governador, vice-governador, senadores, vereadores/as e deputados/as federais e estaduais do Estado de Minas Gerais, eleitos/as nas últimas eleições de 2018, foi marcada pelo clima de intolerância que toma conta do país nos tempos que se passam. Na noite da última quarta-feira (19/12), a deputada estadual eleita para a Assembleia Legislativa do Estado Minas Gerais Beatriz Cerqueira, educadora e importante dirigente sindical e política, junto com seus companheiros/as Áurea Carolina e Rogério Cerqueira, ambos eleitos/as para a Câmara Federal, foram atacados/as na sua liberdade de expressão da forma mais vil e covarde que se possa imaginar, tão típica de uma sociedade cada vez mais intolerante com as diferenças.

A deputada federal Áurea Carolina (PSOL/MG) foi hostilizada porque ousou lembrar de Marielle Franco, vereadora carioca assassinada, até hoje impune. O atual deputado estadual, eleito para a Câmara Federal, Rogério Corrêa (PT/MG), chegou a ser agredido por um também deputado eleito do partido do presidente Jair Bolsonaro quando levantou uma placa com os dizeres “Lula Livre”. Tudo isso em meio a uma cerimônia marcada pela diversidade e, até então pelo respeito mútuo, entre as diferentes forças políticas eleitas pelo povo mineiro. Não é demais destacar que essa cerimônia teve até continência militar e representações gestuais de armas de fogo por vários dos ali diplomados, o que não causou nenhum espanto na plateia presente e nos responsáveis do cerimonial do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE/MG).

Estarrecedora foi a manifestação de violência e ódio suscitada quando a deputada estadual eleita Beatriz Cerqueira mostrou seu apoio a uma campanha nacional, e também internacional, pela libertação do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, preso político pelo sistema judicial brasileiro, persecutório e seletivo, reconhecido no mundo inteiro. Ao que se sabe até então, uma servidora do cerimonial do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, em uma ação destemperada que precisa ser devidamente investigada e punida, tomou de forma abrupta o cartaz da mão da deputada eleita. Não importa a sua preferência eleitoral ou ideológica, e tampouco o seu desconhecimento sobre o desmonte que o serviço público brasileiro sofrerá daqui para frente. O que importa, agora, é a falta de decoro que aquela servidora pública ousou ter quando assumiu aquele ato. E por isso, é fundamental que o TRE/MG se pronuncie.

O que se sucedeu depois do ato dessa pretensa servidora foi a total balbúrdia pelos que acompanhavam a cerimônia e a sucessão de atos de violência protagonizados pelo deputado do PSL, cabo do Exército sem nenhuma educação e decoro para o cargo a que foi eleito pelo povo. Repudiamos o atentado à liberdade de expressão sofrido por esses três parlamentares!

Os/as educadores/as brasileiros/as se solidarizam com ambos os/as parlamentares aqui citados, agredidos em sua liberdade de expressão. Em especial, nos solidarizamos com a deputada eleita Beatriz Cerqueira, companheira de tantas lutas que se passaram e que ainda hão de vir. Pela repressão por ti sofrida, Bia, gritamos daqui, em alto e bom som: LULA LIVRE! Que saibas que esse seu começo de atuação parlamentar, marcado por essa triste situação ocorrida logo em sua diplomação, é apenas um aperitivo do que virá pela frente. Você nos representou naquele momento e representará bem os interesses de justiça em nosso país. Sabemos que podemos todos e todas contar com você. Saiba também que poderá sempre contar conosco, contra todo fascismo e opressão!

Brasília, 20 de dezembro de 2018

Direção Executiva da CNTE

 
 
  15/03/2019
Boletim CNTE 828
Dia 22 de março barraremos o ataque do Governo Bolsonaro aos nossos direitos
INFORMATIVO CNTE 828  
 
 
Concurso Luz, Câmera, Educação!
 
 

Programa 609 - Dia de Luta em Defesa da Previdência - 22 de março

 
 

Carta aberta aos(às) trabalhadores(as) em educação e à sociedade sobre os retrocessos na agenda social do país

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
O Sintero reuniu milhares de pessoas durante ato público contra o feminicídio e em defesa dos direitos das mulheres, nesta terça-feira (19/03). Na ocasião, houve uma caminhada pelas ruas do centro de Porto Velho e foi...
O SINTE-PI realizou nesta segunda-feira (18) uma manifestação no Pátio da Secretária de Educação e Cultura do Estado (SEDUC-PI). Os servidores da educação reivindicam a valorização...
No aniversário de 40 anos do Sindicato dos Professores no Distrito Federal (Sinpro-DF), completados na última quinta-feira (14), a entidade não poderia ter ganho presente melhor: o reconhecimento da luta sindical. A sessão...
Nesta terça-feira (19/3), o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Heleno Araújo, participou de audiência sobre Proposta de Emenda à Constituição...
A Direção do Sintero, representada pela presidente Lionilda Simão e pelo secretário de Finanças, Manoel Rodrigues da Silva, participou de audiências em Brasília, na terça-feira (12/03), com o...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) convoca todos os trabalhadores em educação para integrarem as mobilizações contra a reforma da previdência, marcada para o dia 22...
Por Luiz Fernando* No dia 15 de março, o jornal que circula na cidade de Betim - que noutro tempo era sagaz ao desnudar e estampar os problemas da cidade, que continuam os mesmos – divulgou a notícia de que “PISO SALARIAL DOS...
  A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) lança neste mês de março o concurso de vídeos de um minuto “Luz, Câmera,...
Redução de gastos na educação e armamento não combatem casos como de Suzano O massacre na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), nessa quarta-feira (13), gerou medo e pânico não apenas em quem...
A implantação de Escolas Militares em Mato Grosso, com recursos da educação pública, voltou à pauta de debate em reunião na sala da Câmara de Educação Básica do Conselho...
* Arlete Sampaio O Sindicato dos Professores no Distrito Federal, em 14 de março de 2019, completa 40 anos de lutas e conquistas para a categoria profissional dos professores, orientadores educacionais e especialistas da educação...
O Sinpro convoca os(as) professores(as) e orientadores(as) educacionais para Assembleia Geral, com paralisação, dia 14 de março, às 9h30, no Mané Garrincha. Além de analisarmos a conjuntura, a assembleia...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.