AL: Greve Nacional: Sinteal realiza ato na SEMED

Publicado em Quinta, 15 Março 2012 14:47

Ato público e conversa com secretário de educação marcam segundo dia de mobilizações

O segundo dia de paralisação nacional teve ato político em Maceió. Na manhã desta quinta-feira (15), o Sinteal reuniu trabalhadoras/es da educação no pátio da Secretaria Municipal de Educação de Maceió para cobrar dos gestores o respeito à pauta nacional e ao acordo feito com a categoria.

Com o ato sendo realizado, uma comissão formada na hora foi até o gabinete do secretário Thomaz Beltrão e encaminhou algumas das reivindicações, como a questão do difícil acesso para as/os funcionárias/os de escola. O próprio secretário admitiu que este ponto já está pactuado desde o ano passado, mas não é cumprido. Pressionado pelo Sinteal, prometeu dialogar com o prefeito e dar um retorno até a próxima segunda-feira (19). "Vamos pressionar todas as instancias que foram necessárias, SEMED, prefeitura, Câmara, é importante que isso seja resolvido. Já foi encaminhada a minuta do projeto e até um documento da comissão do difícil acesso, que estudou o impacto que isso causaria", garante a presidenta do Sinteal, Célia Capistrano.

Na ocasião, a diretoria do Sinteal comunicou à SEMED que está estudando juridicamente a possibilidade de toda a rede receber ticket alimentação. "Não é justo que um grupo receba e a grande maioria não, vamos estudar e exigir que esse comportamento de privilegiar alguns seja abolido", explicou Capistrano.

Greve Nacional

A greve nacional da educação acontece nacionalmente nos dias 14, 15 e 16 de março, e discute além das questões específicas de cada estado e município, a aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE), que já era para estar em vigência desde 2011 e ainda não foi votado no congresso nacional, e que nele esteja prevista a destinação de 10% do PIB do país para a educação; A aplicação da lei do piso na sua integralidade, contemplando a carreira e valorizando a formação profissional; Além do cumprimento de 1/3 da carga horária dos professores para formação e planejamento fora de sala de aula, que já é lei reconhecida pelo STF. A mobilização também protesta contra a terceirização, considerada mais uma armadilha contra a classe trabalhadora, e em defesa da realização do concurso público. (SINTEAL, 15/03/12)

 
 
  15/01/2018
Boletim CNTE 809
As ações de resistência para defender a democracia: a pauta em 2018 é ampliar a luta!!
INFORMATIVO CNTE 809  
 
 
INSTITUCIONAL CNTE | Resistência e Convocação para a Conape 2018 (01/12/2017)
 
 

Programa 597: CNTE faz balanço das lutas de 2017

 
 

Nota Pública: Paulo Freire continua sendo o patrono da educação brasileira

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) cobrou da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) a posse dos aprovados no concurso público de 2017. Na reunião, foi informado que o...
Sinteal e trabalhadoras/es em educação da rede pública municipal de Maceió, em assembleia realizada na tarde desta 3ª feira (16/01), na sede do sindicato, no bairro do Mutange, deram início às lutas da...
O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), subsede de Ipatinga, protocolou na Comissão Interamericana de Direitos Humanos, denúncia sobre a situação envolvendo os...
Pela primeira vez na história de atuação do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) em Paranatinga (373 km de Cuiabá), o Sindicato foi convidado para reunião com o chefe do...
O Sinteal conquistou, na justiça, uma vitória na defesa da Gestão Democrática das escolas públicas estaduais de Alagoas. Em decisão do dia 13 de janeiro, o juiz Ayrton de Luna Tenório concedeu liminar...
Foto:Ricardo Stuckert/Instituto Lula Antes do Governo do Lula, os(as) Funcionários(as) da Educação não tinham direito à política de formação continuada e nem eram reconhecidos(as) como...
Diante de resultados de inúmeras pesquisas sobre a educação brasileira, desde as inquietantes reflexões de Anísio Teixeira e Paulo Freire às últimas pesquisas da OCDE - Organização para a...
Os trabalhadores e trabalhadoras em educação, reunidos em assembleia geral na última quarta-feira (10), discutiram sobre a Campanha Salarial 2018, com base no índice de reajuste de 6,81% do Piso Nacional do Magistério...
O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) faz o alerta de mais uma prática do governo Taques para promover o desmonte da escola pública, de gestão pública, gratuita, laica e de...
Após inúmeras comunicações encaminhadas à Seduc e sem nenhuma reposta, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet), José Roque Santiago protocolizou...
O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) foi convidado para uma reunião na tarde de quarta-feira (10) com a Casa Civil e a Secretaria de Estado da Educação, para ser comunicado que os 40 mil...
Dando início à campanha salarial 2018 na rede pública municipal de educação de Maceió, o Sinteal já encaminhou à Secretaria Municipal de Educação (Semed), na pessoa da titular da...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.