Rádio
 
TV CNTE
 
Portuguese English French Spanish
 
 
     
 
       
   
 
     
 
 
 
     
 

DF: SEDF prepara novo Currículo da Educação Básica

Publicado em Segunda, 22 Novembro 2010 14:54
O novo Currículo da Educação Básica da Rede Pública de Ensino do Distrito Federal será lançado em dezembro deste ano. A Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal, por meio da Subsecretaria da Educação Básica, instituiu cinco comissões para rever o currículo, construído em 2008, principalmente, em relação à legislação vigente, e apresentar, antes do final deste ano, uma versão experimental para ser desenvolvida no próximo ano letivo. Ainda em dezembro, os professores terão contato com o documento por meio de mídia digital e, em seguida, antes do início das aulas de 2011, será enviado para cada instituição educacional o currículo impresso.

O trabalho foi realizado em 2008, com a formação de Comissões de Elaboração do Currículo, com professores representantes de cada componente curricular das 14 DREs – Diretorias Regionais de Ensino. Essas discussões geraram as Orientações Curriculares utilizadas pela rede de ensino nos últimos dois anos e onde já estava sinalizada uma nova edição para este ano.

“O currículo define todas as ações pedagógicas que devem ser desenvolvidas nas instituições educacionais pelo professor regente para garantir que o aluno possa dar prosseguimento aos estudos no ano seguinte. Ele garante ainda a uniformidade dos conteúdos oferecidos na rede”, explicou Ana Carmina Pinto Dantas Santana, Subsecretária da Educação Básica.  “Estamos chamando de experimental para que os professores discutam essa versão nos anos letivos subsequentes com vistas ao seu aprimoramento e formalização de uma versão “definitiva”.”

As comissões que estão revendo esse novo currículo são formadas por professores da rede, que focados nos componentes curriculares, nos eixos norteadores e nos princípios da Educação Básica, definirão os conteúdos para cada ano/série da Educação Infantil, do Ensino Fundamental (séries iniciais e finais) e do Ensino Médio. “O currículo não substitui a Proposta Pedagógica da Instituição Educacional, nem o plano de trabalho do professor. Cada Instituição Educacional, cada professor determinará que estratégia e que metodologia utilizará para atingir os objetivos indicados”, ressalta Ana Carmina.

Fonte: Secretaria de Educação-DF, 19/11/2010
 
 
 
Comissão de Direitos Humanos da Câmara debate agenda comum (19/05/2016)
 
 

Programa 532: Audiência Pública na Câmara tem participação da CNTE

 
  25/05/2016
Boletim CNTE 758
A cara e os dentes do golpismo
INFORMATIVO CNTE 758  
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
As medidas encaminhadas pelo ilegítimo presidente Michel Temer ao Congresso Nacional, que afetam diretamente a educação e a saúde, são inaceitáveis e merecem o repúdio de todo o povo brasileiro. As...
Os profissionais da Educação do Ceará decidiram em Assembleia manter a Greve Geral por tempo indeterminado. O encontro foi realizado na quarta-feira (25) no Ginásio Poliesportivo da Parangaba, em Fortaleza, e a...
Diretoras da APLB Sindicato - Feira e Trabalhadores em Educação, além de representantes de outras entidades sindicais de Feira de Santana participaram na quarta, 25, de uma manifestação durante a passagem da Tocha...
O SINTESE foi recebido em audiência na segunda-feira, 23, o Conselheiro do Tribunal de Participaram da audiência com o Conselheiro do TCE, Dr. Carlos Pina, a presidente do SINTESE, professora Ângela Maria e o diretor do departamento...
Trabalhadoras/es da rede pública estadual em educação realizaram, na terça-feira (24), uma assembleia geral, no auditório do Sindicato dos Bancários de Alagoas, no centro de Maceió, para deliberar...
Centenas de professores e estudantes de Fortaleza e do interior participaram do Dia Estadual de Luta em Defesa da Escola Pública e da Valorização dos Profissionais na tarde da segunda-feira (23) no centro de Fortaleza. O ato foi...
Trabalhadores em Educação da rede municipal de ensino de Feira de Santana foram à Secretaria Municipal de Educação (Seduc) na tarde do dia 23, para cobrar da Secretária Municipal de Educação,...
A criação de uma empresa S.A. (Sociedade Anônima) no âmbito do Governo do Estado de Mato Grosso, para implementar a via de privatização dos serviços públicos na área da educação...
Na tarde desta segunda-feira (23), os trabalhadores da Educação Pública de Mato Grosso, organizados pelo Sintep/MT estão em assembleia geral para votar o indicativo de greve geral por tempo indeterminado, tendo como um dos...
A APLB Sindicato – Feira entrou com duas ações contra o desvirtuamento de contratos de estágio como via de acesso à precarização da mão de obra na rede municipal de ensino de Feira de Santana. As...
Após decisão da categoria em assembleia realizada na manhã da sexta, 20, no Espaço Kilogrill, a APLB Sindicato – Feira convoca Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação da rede municipal de ensino para...
Representado pelas diretoras Darcir Acioli (Secretaria de Assuntos Municipais), Cícera Ferreira (Secretaria de Assuntos Jurídicos) e Edna Lopes (Secretaria de Assuntos Educacionais ), o Sinteal participou, na 6ª feira (20), em Recife...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Cartilha Piso e Carreira Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2014/2017 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - CNTE na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira       - Clipping  
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003
Fax: +55 (61) 3225-2685

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.