Rádio
 
TV CNTE
 
Portuguese English French Spanish
 
 
     
 
       
   
 
     
 
 
 
     
 

DF: SEDF prepara novo Currículo da Educação Básica

Publicado em Segunda, 22 Novembro 2010 14:54
O novo Currículo da Educação Básica da Rede Pública de Ensino do Distrito Federal será lançado em dezembro deste ano. A Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal, por meio da Subsecretaria da Educação Básica, instituiu cinco comissões para rever o currículo, construído em 2008, principalmente, em relação à legislação vigente, e apresentar, antes do final deste ano, uma versão experimental para ser desenvolvida no próximo ano letivo. Ainda em dezembro, os professores terão contato com o documento por meio de mídia digital e, em seguida, antes do início das aulas de 2011, será enviado para cada instituição educacional o currículo impresso.

O trabalho foi realizado em 2008, com a formação de Comissões de Elaboração do Currículo, com professores representantes de cada componente curricular das 14 DREs – Diretorias Regionais de Ensino. Essas discussões geraram as Orientações Curriculares utilizadas pela rede de ensino nos últimos dois anos e onde já estava sinalizada uma nova edição para este ano.

“O currículo define todas as ações pedagógicas que devem ser desenvolvidas nas instituições educacionais pelo professor regente para garantir que o aluno possa dar prosseguimento aos estudos no ano seguinte. Ele garante ainda a uniformidade dos conteúdos oferecidos na rede”, explicou Ana Carmina Pinto Dantas Santana, Subsecretária da Educação Básica.  “Estamos chamando de experimental para que os professores discutam essa versão nos anos letivos subsequentes com vistas ao seu aprimoramento e formalização de uma versão “definitiva”.”

As comissões que estão revendo esse novo currículo são formadas por professores da rede, que focados nos componentes curriculares, nos eixos norteadores e nos princípios da Educação Básica, definirão os conteúdos para cada ano/série da Educação Infantil, do Ensino Fundamental (séries iniciais e finais) e do Ensino Médio. “O currículo não substitui a Proposta Pedagógica da Instituição Educacional, nem o plano de trabalho do professor. Cada Instituição Educacional, cada professor determinará que estratégia e que metodologia utilizará para atingir os objetivos indicados”, ressalta Ana Carmina.

Fonte: Secretaria de Educação-DF, 19/11/2010
 
 
CNTE encerra 2015 com 50 sindicatos filiados (15/12/2015)
 
 

Programa 513: CNE aprova greve geral

 
  29/01/2016
Boletim CNTE 743
Vamos às ruas contra as OSs na educação pública
INFORMATIVO CNTE 743  
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
A postagem sobre o atraso e falhas no pagamento do 1/3 de férias rendeu mais de 100 comentários na fanpage do SINTE/RN. A maioria demonstrando frustração e revolta com a ausência do depósito prometido. A seguidora...
Foi publicado nesta quarta-feira (10), no Diário Oficial do Estado, a resolução nº 3.019 que dispõe sobre a avaliação do rendimento escolar nas unidades escolares da Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do...
Os/as trabalhadores/as em educação de Minas Gerais não têm dúvidas de que só a luta garante conquista. Prova disso foi a grande mobilização que fizeram na sexta-feira (5/2), véspera de...
Confira as entrevistas realizadas durante os Encontros Solidários de Formação Sindical com sindicatos paraguaios, entre 1 e 5 de fevereiro, em Ponta Porã-MS, com as entidades OTEP-Autêntica e a UNE Sindicato...
O Sindicato APEOC, na qualidade de representante legal dos servidores da Educação do Estado e dos Municípios do Ceará, decidiu acionar o Ministério Público para garantir a convocação de 342...
O conceito de administração pública, com a contração de servidores por concurso, foi um legado da Revolução de 1930, que levaria Getúlio Vargas ao poder, no Brasil, e em Goiás faria...
PONTA PORÃ/MS - Durante os dias 01 a 05 de fevereiro, a CNTE – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, realizou em Ponta Porã-MS, dois encontros binacionais entre a CNTE e as entidades...
O Sindicato APEOC deu largada ao processo de mobilização da categoria através das Assembleias realizadas em todo o estado do Ceará. Nessa quinta-feira (04/02), foram realizadas as assembleias do Valeu do Curu, em Itapipoca, e...
Imagine uma escola nada engraçada, com salas que não têm teto nem piso. Janela? Nem pensar. E esta escola não está em nenhum rincão distante do Brasil, mas no interior do Paraná, no município que...
Na posição de candidato ao cargo de governo do Estado, Sartori afirmava em todos os seus discursos que a educação seria prioridade em sua gestão. Após pouco mais de um ano como governador, o que se vê...
A mobiliação acontece, desde às 9h, na Cidade Administrativa, e conta com a participação de educadores/as vindos em caravana de todas as regiões do Estado. Segundo a direção do Sindicato...
Este ano, em mais da metade dos municípios de Sergipe, o carnaval está proibido.O estoque de fantasias nas lojas de Pirambu encalhou. “Minhas vendas se não tiver carnaval vai cair 30%”, conta a comerciante Gicelma Alves...
Leia mais 
         
  Revista Mátria Programa de Formação Cartilha Piso e Carreira Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2014/2017 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - CNTE na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira       - Clipping  
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003
Fax: +55 (61) 3225-2685

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.