DF: SEDF prepara novo Currículo da Educação Básica

Publicado em Segunda, 22 Novembro 2010 14:54
O novo Currículo da Educação Básica da Rede Pública de Ensino do Distrito Federal será lançado em dezembro deste ano. A Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal, por meio da Subsecretaria da Educação Básica, instituiu cinco comissões para rever o currículo, construído em 2008, principalmente, em relação à legislação vigente, e apresentar, antes do final deste ano, uma versão experimental para ser desenvolvida no próximo ano letivo. Ainda em dezembro, os professores terão contato com o documento por meio de mídia digital e, em seguida, antes do início das aulas de 2011, será enviado para cada instituição educacional o currículo impresso.

O trabalho foi realizado em 2008, com a formação de Comissões de Elaboração do Currículo, com professores representantes de cada componente curricular das 14 DREs – Diretorias Regionais de Ensino. Essas discussões geraram as Orientações Curriculares utilizadas pela rede de ensino nos últimos dois anos e onde já estava sinalizada uma nova edição para este ano.

“O currículo define todas as ações pedagógicas que devem ser desenvolvidas nas instituições educacionais pelo professor regente para garantir que o aluno possa dar prosseguimento aos estudos no ano seguinte. Ele garante ainda a uniformidade dos conteúdos oferecidos na rede”, explicou Ana Carmina Pinto Dantas Santana, Subsecretária da Educação Básica.  “Estamos chamando de experimental para que os professores discutam essa versão nos anos letivos subsequentes com vistas ao seu aprimoramento e formalização de uma versão “definitiva”.”

As comissões que estão revendo esse novo currículo são formadas por professores da rede, que focados nos componentes curriculares, nos eixos norteadores e nos princípios da Educação Básica, definirão os conteúdos para cada ano/série da Educação Infantil, do Ensino Fundamental (séries iniciais e finais) e do Ensino Médio. “O currículo não substitui a Proposta Pedagógica da Instituição Educacional, nem o plano de trabalho do professor. Cada Instituição Educacional, cada professor determinará que estratégia e que metodologia utilizará para atingir os objetivos indicados”, ressalta Ana Carmina.

Fonte: Secretaria de Educação-DF, 19/11/2010
 
 
 
 
Ato contra a PEC da Morte reúne trabalhadores de todo o país em Brasília (30/11/2016)
 
 

Programa 559: Trabalhadores da educação participam do ato #OcupaBrasilia

 
 

FMLN condena golpe de estado contra presidenta Dilma Rousseff no Brasil

 
  22/11/2016
Boletim CNTE 777
A reforma do ensino médio avança no Congresso
INFORMATIVO CNTE 777  
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE vem a público manifestar, mais uma vez, o seu repúdio às políticas empreendidas por este governo ilegítimo no campo da...
O representante do Sintep-MT no Conselho Estadual de Saúde (CES), segmento usuário, Orlando Francisco, informa que foi reprovado durante a reunião do Pleno do Conselho, nesta quarta-feira (07.12), o Relatório Anual de...
Como se não bastasse o Governo do Estado, através da Secretaria de Educação não contratar professores/as das salas informatizadas para o ano letivo de 2017, agora pretende humilhá-los, antes de deixarem...
A APLB Sindicato Feira, representante legítima dos Trabalhadores em Educação, repudia as alterações feitas pelos vereadores no Plano Municipal de Educação (PME), votado na última terça...
Promovido pela Secretaria Nacional de Formação da CUT foi aberto nesta quarta-feira (7), o Seminário "Educação e o Mundo do Trabalho", em Florianópolis, com o tema “Em tempos de ataque frontal à...
A Reforma da Previdência do Governo Golpista e Ilegítimo é um insulto aos professores, trabalhadores e à sociedade em geral! Não à PEC 287/2016. A Confederação Nacional dos Trabalhadores em...
Estudantes de algumas escolas estaduais ocupadas, professoras e professores da ativa e aposentados ocuparam as galerias da Assembleia Legislativa para acompanhar a discussão feita pela deputada estadual Ana Lúcia sobre as...
Contra a postura do MEC em relação ao Fórum Nacional de Educação e as Conferências de Educação. Dirigimo-nos à sociedade brasileira para manifestar o que se segue. O conteúdo,...
A Plataforma Operária e Camponesa para a Energia realizou de 2 a 4 de dezembro, em São Paulo (SP), a primeira etapa nacional de formação de formadores e lideranças. Com o lema “Plantando a Semente da...
Pauta da sessão ordinária da Câmara Municipal de Vereadores de Feira de Santana, ocorrida na manhã da segunda, 5/12, a votação do Plano Municipal de Educação (PME) estava prevista para acontecer...
O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) acredita que o governador Pedro Taques coloca sob suspeição a credibilidade do funcionalismo e do próprio estado, quando altera a data de pagamento...
A VIII Conferência Estadual de Educação termina com a entrega de uma carta ao governo do Estado, recebida pela Secretária de Estado da Educação (SEE), na Serraria Souza Pinto, em Belo Horizonte. O documento...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2014/2017 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - CNTE na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003
Fax: +55 (61) 3225-2685

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.