Proposta sobre ensino da Língua Brasileira de Sinais pode ser votada em fevereiro

Publicado em Segunda, 12 Janeiro 2009 14:33

Os senadores poderão votar nas próximas sessões deliberativas da Casa - a partir de 3 de fevereiro - o substitutivo da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) ao Projeto de Lei do Senado nº 14/07, de Cristovam Buarque (PDT-DF), que trata do ensino da Língua Brasileira de Sinais (Libras). A proposição, em fase de interposição de recurso na Mesa do Senado, altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) para propor que o ensino da Libras passe a fazer parte do cotidiano escolar.

O texto aprovado na CE estabelece que na parte diversificada do currículo será incluída, prioritariamente, na educação infantil e nos primeiros anos do ensino fundamental, a disciplina Libras. Prevê ainda que os sistemas de ensino terão prazo de três anos para introduzir tal mudança no currículo.

Essa mesma disciplina deverá ser incluída, facultativamente, a partir da sexta série do ensino fundamental, conforme as possibilidades e demandas da escola. O substitutivo determina também que, a partir da sexta série, será obrigatório o ensino de pelo menos uma língua estrangeira moderna, cuja escolha ficará a cargo da comunidade escolar, dentro das possibilidades da instituição.

A Libras é definida pela Lei 10.436/02 como um sistema lingüístico de natureza visual-motora e com estrutura gramatical própria. A partir do seu reconhecimento como meio legal de comunicação e expressão por essa legislação, a Libras pôde ser ensinada nos cursos de professores para o exercício do magistério.

Na justificação para apresentação do PLS, Cristovam disse que é importante a sociedade ter um número maior de pessoas capazes de se comunicar por meio da Libras, e que esse é um passo decisivo para a integração dos portadores de deficiência auditiva, tanto na escola como na sociedade. (Agência Senado)

 
 
  22/10/2018
Boletim CNTE 823
Brasil tem a chance de mostrar ao mundo como defender a democracia
INFORMATIVO CNTE 823  
 
 
Videoconferência Reforma Tributária Solidária (06/08/2018)
 
 

Programa 604: Em audiência pública, CNTE reitera posicionamento contrário à BNCC

 
 

Nota Pública: Lei da Mordaça (“Escola Sem Partido”) é inconstitucional, antidemocrática e antipedagógica

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
O SIMPERE protocolou no Ministério Público, Conselho Municipal de Educação, Câmara de Vereadores e Secretaria de Educação, na tarde desta quinta-feira (08) um abaixo assinado organizado com pais e...
Em reunião solicitada pelo Sinteal, a professora Valéria Correia, reitora da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) conversou, na última sexta-feira (9), com representantes do Sinteal, Adufal, Sintufal e Sintetfal para falar sobre...
247 - O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Heleno Araújo, classificou como uma "aberração" a decisão do Conselho Nacional de Educação (CNE), de...
O Brasil aparece em último lugar em ranking sobre prestígio do professor. A análise de 35 países aponta que desempenho dos alunos está ligado à forma como a sociedade vê e remunera seus professores. No...
Fotos: Jordana MercadoNo dia em que se encerra o CNE – Conselho Nacional de Entidades da CNTE, em Curitiba/PR, a direção da entidade apresentou ao plenário a Proposta de Planejamento para 2019, bem como o...
Representado pelas diretoras Marta Queiroz e Maria Prazeres Batista, o Sinteal participa, nesta quinta-feira (8) e sexta-feira (9), da 7ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, no Centro Cultural e de...
Professores têm direito à liberdade de cátedra, liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte e o saber, como previsto nos artigos 205 e 206 da Constituição Federal e no artigo 3º da...
O SINTEAL, representado por seu Departamento Jurídico, através das advogadas Maria Betânia Pereira e Ana Carolina Nunes, esteve, na última quarta-feira (7/11), em Brasília (DF), onde conquistou o importante e...
Iniciou-se hoje (08) a reunião do Conselho Nacional de Entidades (CNE), em Curitiba (PR). O evento acontece no auditório da APP, sindicato que representa os trabalhadores e trabalhadoras da educação pública do estado...
Foto: Vinícius Loures/Câmara dos Deputados A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) somou forças aos grupos de resistência contra o projeto de lei da Escola sem Partido (PL...
Nesta terça-feira, dia 6 de novembro/18, a direção do Sind-UTE/MG, mais uma vez, cobrou o agendamento de reunião com o Governo do Estado. Além de questões pendentes como a incorporação do abono...
A agressão por parte de uma mãe à diretora da EEEF Vera Cruz, em Porto Alegre, ocorrida nesta terça-feira (6), é mais uma manifestação da epidemia de violência que vem transformando o ofício...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.