2020 07 03 giro mg

O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE) realizou um ato simbólico na porta da Assembleia Legislativa, na manhã desta sexta-feira (3/7/2020). A categoria reivindica a retirada da Reforma da Previdência da pauta da Casa.

Esse ato representa a luta de todo funcionalismo público contra a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55/2020 e do Projeto de Lei Complementar (PLC) 46/2020, que foram encaminhados pelo governador à Assembleia. Nessa sexta-feira, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) realiza uma reunião para votação das propostas.

Para o Sindicato, a Reforma da Previdência do governo do Estado é um projeto de destruição do patrimônio do funcionalismo público e representa a política da morte.

(Sind-UTE/MG, 03/07/2020)