VIVA PAULO FREIRE

 

2020 02 26 educacaonamidia cartacapital2

FOTO: JOSÉ CORDEIRO / SPTURIS)

A educação venceu. A área que vem sendo tão atacada e maltratada pelo governo federal sagrou-se campeã do carnaval de São Paulo, com a vitória da Águia de Ouro e seu enredo sobre a sabedoria. De autoria de Marcelo Casa Nossa, Armênio Poesia, Darlan Alves, Fredy Viana, Xandinho Nocera e Chanel, o enredo campeão exaltou o poder do saber – “Se saber é poder… quem sabe faz a hora, não espera acontecer”.

A escola localizada no bairro da Pompeia, na capital paulista, fechou a apuração com 269,9 pontos, na frente da Mancha Verde (269,8) e Mocidade Alegre (269,7). Pérola Negra e X-9 Paulistana foram as escolas rebaixadas e disputam o carnaval de 2021 no grupo de acesso.

A Águia de Ouro levou para o sambódromo do Anhembi um enredo sobre educação e homenageou o educador Paulo Freire. A escola da zona Oeste da capital paulista lembrou uma das frases mais famosas do educador (“não se pode falar de educação sem amor”) e ainda cantou um “viva Paulo Freire”.

Freire, um educador reconhecido internacionalmente, é alvo constante de ataques da gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), de muitos de seus aliados e de parte do setor mais conservador brasileiro.

O enredo “O Poder do Saber – Se saber é poder… quem sabe faz a hora, não espera acontecer” representou a história da sabedoria, partindo da Idade da Pedra. A escola ainda incluiu em suas alas mensagens sobre diversidade e pessoas com deficiência.

(Carta Capital, 25/02/2020)