AMÉRICA LATINA

2019 07 23 leao
Nesta segunda-feira (22), o professor Roberto Leão, ex-presidente da CNTE, foi reeleito como Vice-Presidente Regional para a América Latina da Internacional da Educação (IE) e David Edwards foi reconduzido ao cargo de Secretário Geral da entidade. Roberto Leão reassumirá a vaga que já foi ocupada pela ex-presidente da CNTE, Juçara Vieira, que deixou o cargo após 8 anos de mandato.

A América Latina é representada por 23 organizações filiadas a IE, de 12 países: CTERA, CONADU e CEA da Argentina; CNTE e PROIFES do Brasil; FAUECH, SINDI 2 INTEGRA e CPC do Chile; ASPU e FECODE da Colômbia; ANDE e SEC da Costa Rica; 21 de junho ANDES de El Salvador; COLPROSUMAH e COPRUMH de Honduras; CGTEN / ANDEN da Nicarágua; MPU do Panamá; OTEP / A e UNE / SN do Paraguai; ADP, ANPROTED e FAPROUASD da República Dominicana e FENAPES do Uruguai. 

Além de anunciar a nova diretoria, o 8º Congresso Internacional de Educação também publicou uma resolução modificando a constituição que promove o equilíbrio de gênero em termos de representação dentro de sua própria união global. Como resultado, os assentos abertos para a eleição aumentaram para 10 dos 9 - com 50% dos assentos designados para mulheres. Isso significa que os assentos do Conselho Executivo aumentarão para 27, de 26.

CNTE no 8º Congresso Mundial da Educação
Nesta segunda (22), a secretária Geral Fátima Silva, vice-presidente do IEAL para o Cone Sul e Secretária Geral da CNTE, fez um apelo veemente para lutar contra os processos de privatização e comércio educacional, impulsionados em muitos países por governos autoritários e antidemocráticos. Também exigiu a liberdade de Lula, preso por motivações políticas, e pediu a união dos povos para enfrentar os ataques de governos conservadores e antidemocráticos. Acesse o vídeo na íntegra na página da Internacional da Educação no Facebook.

Com informações da Internacional da Educação

NOTÍCIAS RELACIONADAS: