GREVE

 

2020 03 17 greve virtual redes
Em virtude da pandemia de coronavírus, as mobilizações para a Greve Geral da Educação serão virtuais. A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) já está publicando em suas redes sociais as reivindicações da classe trabalhadora por mais investimentos em educação e saúde, em defesa dos serviços públicos e da democracia. Além disso, para o dia 18 de março já está marcada uma ação com panos nas janelas em sinal de apoio ao protesto e um apitaço agendado para às 10h.

>> CLIQUE AQUI PARA ACESSAR OS MATERIAIS

Ações do dia 17 de março

A CNTE em conjunto com entidades parceiras vai promover o tuitaço #AmanhãÉGreve divulgando as pautas em defesa da educação, da saúde, dos serviços públicos e da democracia, convocando para a greve e a mobilização virtual do dia 18 de março.

Ações do dia 18 de março

Tuitaço ao longo do dia
A hashtag #GrevePorEducaçãoESaúde reunirá nas redes sociais as manifestações em defesa da educação pública, da saúde, dos serviços públicos e da democracia em todo país. Para participar, é só postar fotos com cartazes de reivindicações, textos e vídeos com a temática da greve usando essa hashtag. Acesse aqui os materiais para divulgação.

Panos nas janelas
No dia 18 de março os manifestantes poderão apoiar a greve geral da educação pendurando um pano na janela, de qualquer cor ou tamanho, e em seguida fazer uma foto dessa ação e publicar nas redes sociais com a hashtag #GrevePorEducaçãoESaúde. 

Vozes nas janelas às 20h30
A manifestação espontânea “Janelas contra Bolsonaro” pede que as pessoas fiquem em casa e façam barulho nas janelas pedindo Fora Bolsonaro.