DEBATES

2021 04 29 destaque semana dia3 site

Nesta quarta-feira (28), Dia Nacional da Educação, a 22ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública teve como tema “Gestão Democrática da Escola e Financiamento Público da Educação”.

>> Acesse os materiais de divulgação

Como atividade do dia, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) convidou a comunidade escolar, alunos, pais, mães, responsáveis pelos estudantes e conselheiros da Educação, a falarem o que pensam sobre: “A escola que temos e a Escola que queremos”.

Para este debate, a CNTE também promoveu uma live, mediada pelo Secretário de comunicação e imprensa da CNTE, Luiz Vieira, que contou com a participação de Marcelo Acácio, diretor de políticas institucionais da UBES; Emerson Araújo, professor e Coordenador Estadual da UNCME-Maranhão, e Aline Kerber, socióloga e presidente da Associação Mães e Pais pela Democracia.

Araújo iniciou a discussão destacando que as mesmas bandeiras educacionais que tinham no início da sua trajetória política, em 1980, continuam sendo levantadas atualmente. “Lutamos por uma carreira real para o magistério; por uma escola pública de qualidade não só de ensino, mas qualidade social na prestação de serviço público. Apesar de todos os avanços conquistados nos governos populares, ainda temos uma escola que reflete uma dominação socioeconômica, que vem desde a nossa colonização” assegura.

A socióloga Aline Kerber enfatizou que a escola que temos hoje vive um momento difícil, obscuro e autoritário. “Temos mais de 400 mil vítimas de COVID-19, vacina a conta gotas e querem abrir as escolas de qualquer jeito. Entre a escola que temos e a escola que queremos há muita luta, principalmente por democracia. A mesma turma que defende a educação como essencial em um contexto de pandemia, continua falando mal de professores, colocando esses profissionais como preguiçosos. Estamos com um ano de pandemia, o governo não pensou na Educação, não fez as melhorias necessárias e, agora, com muitos pais fisgados pelo negacionismo, quer voltar a qualquer custo”.

O estudante Marcelo Acácio fez uma análise do cenário da Educação antes e durante a pandemia. “Fazendo um panorama desde os anos 2000, tivemos várias políticas públicas na escola que formaram vários cientistas, técnicos e pesquisadores, como o Plano Nacional de Educação (PNE), que definiu metas para o avanço da educação; o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), que hoje é um recurso que pode garantir o custo aluno qualidade, e a Gestão Democrática. A escola que temos, tem representações dos estudantes, professores, dos pais e da comunidade escolar em geral. A nossa luta é por uma escola que tenha a nossa cara, que possa retratar, cada dia mais, o nosso dia a dia, que as pessoas sintam-se seguras e que seja um local de transformação”.

>> Veja o debate na íntegra no Youtube da CNTE

A Semana Nacional da Educação Pública acontece até o dia 1º de maio e terá atividades diárias de modo virtual, devido às condições de isolamento social decorrentes da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Confira a programação:

Dia 29 de abril (quinta-feira)

TEMAS: Reforma Administrativa e Homescholling

As responsabilidades dos Parlamentos (Municipal, Estadual, Distrital e Federal) no atendimento aos direitos à educação básica pública!

- LIVE DA CNTE - das 19h às 20h - debate com a Presidente da Comissão de Educação da Câmara Federal e o Presidente da Comissão de Educação do Senado Federal (ou com representantes indicados pelas presidências).

Dia 30 de abril (sexta-feira)

TEMAS: Valorização Profissional e Promoção da Escola Pública

Educação e Cultura, uma referência ao Patrono da Educação Brasileira Paulo Freire: atividades culturais em defesa e pela promoção da educação pública, com depoimentos de artistas e personalidades públicas que estudaram em uma Escola Pública (colher um depoimento de Anita Freire para reforçar o ano do centenário de Paulo Freire).

- LIVE DA CNTE - das 19h às 20h - conversa sobre a escola pública. Convidado: cantor Zeca Baleiro

Dia 1º de maio (sábado)

Dia do trabalhador e da trabalhadora - participar das atividades de solidariedade