CORPO A CORPO

matéria mobilizaçao 03042024

As mobilizações dos/as trabalhadores/as em educação na defesa do ensino médio agora se concentram no Senado Federal. Nesta terça (2) e quarta-feira (3), representantes da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e dirigentes do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) mobilizaram-se nos gabinetes dos/as senadores/as pela aprovação do Projeto de Lei n.º 5.230/2023, que altera o Novo Ensino Médio, em seu formato original enviado pelo Ministério da Educação (MEC).

A mobilização faz parte da estratégia da Confederação na busca por fortalecer o diálogo com parlamentares e contribuir para o avanço de pautas relevantes para a educação e para os/as trabalhadores/as da classe. 

Segundo o secretário de Aposentados e Assuntos Previdenciários, Sérgio Kumpfer, que representou a CNTE na ação, há agora uma preocupação de como será o debate do projeto na Comissão de Educação (CE) no Senado, com a coordenação da relatora Senadora Dorinha Seabra (União–TO).

matéria mobilizaçao 2 03042024

“Nossas atividades foram concentradas nos gabinetes dos senadores, para dialogar, esclarecer e pedir a correção desse nosso PL n.º 5.230/2023. Esse foi um projeto construído a várias mãos, com ampla participação da sociedade e que contou com os resultados da consulta feita (com trabalhadores/as da educação, estudantes e membros da sociedade civil) pelo MEC. O projeto já sofreu diversas alterações durante sua tramitação e votação na Câmara dos Deputados”, relatou.

“Nesses dois dias, sugerimos durante nossos diálogos que esse projeto seja corrigido, para que ele volte a ter o conteúdo da proposta original, o que consideramos ser o melhor caminho para o ensino médio”, completou Sérgio.