XIII CONFERÊNCIA REGIONAL

Matéria 1 10042024 4

No último domingo (7), a Internacional da Educação para a América Latina (Ieal) elegeu os novos representantes do comitê regional para o período 2024-2029: Sonia Alesso, secretária Geral da Confederação dos Trabalhadores da Educação da República da Argentina (CTERA), foi eleita a nova presidenta da Comitê Regional da Ieal. A CNTE segue na vice-presidência da instituição (sub-região Cone Sul), desta vez representada pelo secretário de Relações Internacionais, Roberto Leão. A cerimônia aconteceu durante a XIII Conferência Regional da Ieal, em San José, na Costa Rica.     

“Tive uma presença constante e solidária em defesa da educação no continente e no fortalecimento das organizações sindicais da região. Com certeza, neste período, todas as afiliadas da CNTE puderam sentir um pouco mais nossa latinoamericanidade”, avalia Fátima, sobre sua trajetória à frente da vice-presidência  da Ieal, encerrada em 2024.

Matéria 3 10042024 1

Em agradecimento especial ao trabalho da secretária-Geral da CNTE, a Conferência Regional destacou seu envolvimento com a organização desde o início, além de todo o apoio dedicado por ela na consolidação da rede de Trabalhadores/as da educação. “Deixa seu posto e encerra um período de importantes contribuições para a Ieal”, ressaltou a Ieal na matéria publicada em seu portal.

 Entre os principais feitos à frente do cargo, Fátima destaca a criação do Movimento Pedagógico Latino Americano, a organização da Rede de Mulheres Trabalhadoras da Educação, a celebração do Centenário de Paulo Freire, além de diversas ações solidárias em todo o continente.

 Matéria 2 10042024

“A determinação da Fátima, sua coragem, a capacidade de organização e a forte leitura política que ela tem, da nossa região e do mundo, a fez uma referência na área da educação e sindical. Uma pessoa querida, e contribui muito com a nossa organização, formação e mobilização. Por isso, os nossos agradecimentos pelo período que ela esteve na vice-presidência da Ieal. Parabéns pelo trabalho e a luta continua!”, declarou Heleno Araújo, presidente da CNTE.

O novo comitê 

Sonia Alesso, secretária Geral da Confederação dos Trabalhadores da Educação da República da Argentina (CTERA), foi eleita a nova presidenta da Comitê regional da IEAL;

Roberto Leão, secretário de Relações Internacionais da CNTE, agora é quem ocupa a vice-presidência pela sub-região Cone Sul;

Yorgina Alvarado Diaz, secretária Geral do Sindicato de Trabalhadoras e Trabalhadores da Educação Costarriquense (SEC/Costa Rica), é a nova vice-presidenta da sub-região Centroamérica e República Dominicana; e 

Isabel Olaya, executiva da Federação Colombiana de Educadores (FECODE), foi eleita a vice-presidenta da sub-região Andina.

 Matéria 4 10042024 2

Demais representantes eleitos para o Comitê Regional das três sub regiões

  • Gloria Roque, de ANDES 21 de Junio (El Salvador)
  • María Dolores Escobar, de COLPEDAGOGOSH (Honduras)
  • Julio Canelo, de ADP (República Dominicana)
  • Gloria Arboleda, de ASPU (Colombia)
  • José Olivera, de FENAPES (Uruguay)
  • Elbia Pereira, de FUM-TEP (Uruguay)
  • Rosa leizaquía, de SUTEP (Perú)
  • Joviel Acevedo, de STEG (Guatemala) 
  • Mario Aguilar, del CPC (Chile) 
  • Paola Giménez, de OTEP-A (Paraguay)

XIII Conferência Regional da Ieal

Entre os dias 7 e 9 de abril, organizações sindicais de trabalhadores/as em educação de toda América latina reuniram-se em San José, na Costa Rica, para participar da XIII Conferência Regional da Ieal. Além da eleição do novo comitê regional de 2024-2029, o evento buscou proporcionar a troca de experiências entre os países, por meio de avaliações da conjuntura política e da realidade da educação em cada uma das nações presentes.

Uma comitiva integrada pela diretoria da CNTE e representantes de seus sindicatos filiados estiveram presentes no evento, representando os profissionais brasileiros/as da classe trabalhadora educacional.

 Matéria 5 10042024

A Conferência apresentou  um panorama sobre a situação da educação na Finlândia e nos Estados Unidos, abordando as tendências regionais da mercantilização da educação na América Latina. 

Ainda na abertura, o secretário-geral da Internacional da Educação (IE) David Edwards, salientou sobre a IE ser a única instituição de educação internacional a apoiar a Palestina e contribuir financeiramente para a mitigação da dor das crianças do país, que estão sem acesso à escola e em situação de vulnerabilidade social e alimentar.

Matéria 7 10042024

Situação do Brasil

Sobre o contexto político e educacional no Brasil, Heleno chamou atenção para a composição atual do Congresso Nacional, majoritariamente composta por parlamentares de direita, bem como nos estados - com oito unidades da federação representadas por governadores de esquerda e dezenove por políticos de direita. 

Destacou a necessidade do fortalecimento da educação dos/as trabalhadores/as em educação nas eleições municipais, e abordou as disputas nas políticas educacionais com as instituições privadas e a extrema-direita, principalmente relacionadas às pautas da Escola sem Partido, militarização das escolas  e educação domiciliar.

Sobre o futuro da educação no país, reiterou a esperanças de que a próxima década possa contar com um Plano Nacional de Educação que garanta, entre outros pontos:

1- a regulamentação do custo aluno qualidade para financiar a educação básica;

2- o cumprimento da lei do piso salarial do magistério e as diretrizes nacionais de carreira para os trabalhadores/as da educação; e 

3- uma política nacional para formação de mais profissionais educadores.

O evento encerrou nesta terça-feira (9), culminando na construção de recomendações de ação para o novo Comitê Regional eleito.