No dia 19 de setembro se comemora o nascimento de Paulo Freire, uma das nossas principais referencias de uma Pedagogia latino-americana, que percebeu o processo educacional como um caminho para a libertação cultural, social e política e afirmou que "seria uma atitude ingênua esperar que as classes dominantes desenvolvessem uma forma de educação que permite às classes dominadas perceber as injustiças sociais de forma crítica".

A Rede Latino-Americana de Estudos sobre Trabalho Docente (Red Estrado) e a Internacional de la Educación para América Latina (IEAL) está convidando para uma Jornada de Luta nesse dia 19/09 em defesa de uma educação pública de qualidade, como um direito social, livre, laica e emancipadora. Convocando as organizações estudantis, organizações sindicais de educação, grupos de educadores e educadoras, organizações políticas, culturais e sociais que apostaram na prática pedagógica como uma práxis libertadora, para se manifestar e expressar-se de forma enérgica e aberta em defesa de tais ideais.

No Recife, acontecerá um grande evento nesse dia e nós estamos pensando em fazer algo aqui na FaE/UFMG também. Convidamos a todos para participarem da organização dessa Jornada de Luta para que possamos fazer um grande ato em Belo Horizonte também.

Na página da Redestrado tem a “Declaración en defensa de la educación pública de calidad, gratuita, laica y emancipado” assinada também pela Internacional de la Educación para América Latina (IEAL) e os depoimentos de alguns artistas.